Saiba como funciona a Dieta de Ornish


Semana retrasada, no texto 7 Melhores Dietas Para Diabetes Tipo 2 prometemos falar para vocês como funciona a Dieta de Ornish. Por isso, este texto foi escrito com muito carinho para cumprir nossa promessa.

vegetarian dieta de ornish

A Dieta de Ornish tem sido considerada um excelente programa de emagrecimento devido aos benefícios que traz ao organismo. É uma dieta multifuncional em questão de tratamentos de saúde, pois pode ser adaptada para:

  • Perda de peso;
  • Prevenção ou reversão do diabetes e doenças cardíacas;
  • Redução da pressão arterial;
  • Redução do colesterol;
  • Prevenção e tratamento de câncer, de próstata e de mama.

São muitos os benefícios não é mesmo? Além disso, é cientificamente comprovada a eficiência dessa dieta em fazer as pessoas se sentirem melhor, viverem mais, perderem peso e adquirirem  uma vida mais saudável.

Você se interessou? Então continue a leitura e conheça a dieta.

Porque Dieta de Ornish?

Dean Ornish, é um professor de medicina da Universidade da Califórnia na cidade de São Francisco, Estados Unidos. Além disso, é fundador do Instituto de Pesquisa sobre Medicina Preventiva em Sausalito, também no estado da Califórnia.

Em 2007, esse médico lançou um livro chamado O Espectro (The Spectrum em inglês), no qual ele definiu uma forma ideal de nutrição, exercícios, gestão do stress e opções de suporte emocional como um guia para conseguir perder peso e prevenir ou reverter doenças crônicas.

Como foi dito, neste mesmo manual Dean Ornish estabelece, dentre outras coisas, um plano de nutrição mais saudável. Este plano ficou então conhecido como Dieta de Ornish.

Como funciona a Dieta de Ornish?

Ornish categoriza os alimentos em cinco grupos, de mais a menos saudáveis. É a diferença, por exemplo, entre o pão integral e biscoitos, entre hambúrgueres de soja e de carne de porco e bovina.

Não existem alimentos bons ou ruins, mas alguns são mais saudável do que outros. Predominantemente: frutas, legumes, cereais integrais, legumes, produtos de soja, leite desnatado e ovos, bem como algumas gorduras boas que contêm omega 3 os ácidos gordos.

Estes são os alimentos ricos em carboidratos bons, gorduras boas, boas proteínas e outras substâncias protetoras. Existem, pelo menos, 100.000 substâncias nestes alimentos que podem ajudar a prevenir câncer, doenças do coração e combaterem o envelhecimento.

Na Dieta de Ornish, você não possui restrições de calorias, a menos que esteja tentando perder peso. Dean Ornish orienta que as pessoas façam pequenas refeições espalhadas ao longo do dia, para ajudar a evitar a fome e manter os níveis de energia constantes.

O controle das porções ajuda a alcançar e manter um peso corporal saudável e controlar os níveis de açúcar no sangue. Laticínios sem gordura (não mais do que 2 porções / dia) e ovos brancos estão incluídos.

Nota: Carne, aves, peixe e quaisquer produtos feitos a partir desses alimentos são eliminados.

Limite de carboidratos ruins

O açúcar é permitido com moderação, mas não é incentivado. Adição de açúcares, tais como agave, mel, açúcar refinado ou mascavo, juntamente com doces sem gordura e carboidratos refinados, são alimentos para os quais é recomendado um limite de 2 porções por dia.

4 gramas de gordura boa por dia

Apenas 10% das calorias são provenientes de gordura. Esse índice vem da gordura que estão presentes naturalmente em grãos, legumes, frutas, alimentos de soja e pequenas quantidades de nozes e sementes.

Nesta dieta é recomendado limitar o colesterol a 10 miligramas ou menos por dia. Para atingir esse objetivo, os produtos lácteos sem gordura são opcionais e limitados a 2 porções por dia. Também é incentivada a troca de laticínios por outras alternativas, como leite de soja, pois são e ricas em nutrientes saudáveis para o coração e livres de colesterol.

Castanhas são permitidas em pequenas quantidades. Para manter a meta de baixo teor de gordura de 10% de calorias provenientes de gordura, o tamanho das porções de castanhas são limitadas, uma vez que possuem alta concentração de gordura. Exemplo:

  • 5 amêndoas
  • 9 pistachios
  • 1 noz inteira
  • 3 metades do pecan
  • 2 castanha de caju
  • 6 amendoim (sem casca)
  • 2,5 colher de chá de sementes de linho, terra
  • 2 colher de chá de sementes de chia ou sementes de girassol, em grão
  • 1,5 colher de chá de sementes de abóbora

Além disso, a Dieta de Ornish também orienta o maior consumo de proteínas de origem vegetal.

Exercícios e meditação

Como foi dito, a  Dieta de Ornish não é baseada apenas na alimentação, ela também visa a prática de exercícios físicos e meditação como aliados no controle do estresse. A associação da alimentação saudável com esses outros fatores são o que, segundo o Doutor Ornish, garantirão uma melhor qualidade de vida às pessoas adeptas à dieta. Por isso ela vem sendo um sucesso em controlar e prevenir algumas doenças, como as cardíacas e o diabetes.

Esperamos que esta dieta seja mais uma opção para que você adote uma vida mais saudável. Deixe seu comentário e compartilhe conosco sua experiência.

Vídeo do Dr Ornish falando das doenças cardiovasculares e do diabetes


Sobre Lilian Silva

Bióloga e apaixonada pela escrita, estou sempre em busca de informações úteis as quais possam ser reunidas em textos que ajudem as pessoas.

Deixe seu comentário