Dietas


dieta low carb
Você gostaria de perder peso sem fazer tanto esforço? Então saiba que a dieta low carb pode ser uma boa opção. Essa dieta consiste basicamente em diminuir o consumo de carboidratos, restringindo os amidos e os alimentos açucarados, a exemplo de massas e doces. Além da perda de peso, a dieta low carb pode ajudar a reduzir os fatores de risco relacionados ao diabetes tipo 2 e à síndrome metabólica. Outra vantagem que a dieta low carb tem é que você não precisa "passar fome" para emagrecer, ao contrário, você pode encher o prato de proteínas, verduras e legumes.

Veja como fazer, os riscos e os benefícios da ...


Dieta Cetogênica
O objetivo de um plano alimentar baseado na dieta cetogênica consiste basicamente em uma alteração metabólica, no qual a fonte primária de combustível (glicose) dá lugar à gordura. O processo metabólico em questão é chamado de cetogênese, um processo de produção de corpos cetônicos (cetonas) realizado pelo fígado. As cetonas são fabricadas quando o corpo utiliza a gordura como fonte de energia. Essa capacidade do organismo em produzir cetonas e utilizá-las como energia se deve ao processo natural da evolução do ser humano, sendo que essa condição provavelmente vem dos tempos em que a comida não era abundante.

Características, benefícios e como fazer uma dieta Cetogênica


Jejum intermitante
Grande parte das pessoas não gostam da ideia de ter que fazer dieta. Ter que evitar uma bela pizza, um suculento hambúrguer e um delicioso bolo de chocolate faz muitas pessoas desistirem das tradicionais dietas. Se você faz parte desse grupo de pessoas que não se adapta a esses tipos de dieta, saiba que há uma maneira de perder peso sem que você precise abandonar suas comidas preferidas, o jejum intermitente.

Características, reações e benefícios do Jejum Intermitente



2
Muitas pessoas querem perder peso, e algumas precisam que esse processo seja mais rápido que o tempo normal da maioria das dietas. Com isso vem muitos problemas e o principal deles é a ansiedade e a pressão de ter que perder alguns quilos em um tempo curto. Algumas pessoas apelam para alguma dieta radical. Normalmente isso acontece quando vamos a algum evento, como festas tipo formatura e casamento, e temos que entrar naquela roupa justa e de preferência sem marcar as gordurinhas localizadas. Digamos que não exista outra forma de perder peso sem ser fazendo uma dieta radical.

Dieta da USP: uma dieta radical para um emagrecimento rápido


Dieta paleolítica 1
A chamada dieta paleolítica (ou simplesmente dieta paleo), como o próprio nome já diz, procura resgatar hábitos alimentares do homem primitivo. Defende-se nela que o nosso organismo não está preparado para digerir os alimentos industrializados, que causariam inflamações, obesidade, dentre outros males. Benefícios da dieta paleolítica A dieta paleolítica é eficaz na amenização de dores de cabeça e irritabilidade. Além disso, percebe-se aumento de disposição se emagrece, em média, mais de cinco quilos. Como os humanos habitam a Terra há mais de dois milhões de anos e a agricultura só existe há aproximadamente dez mil, acredita-se que o organismo humano ainda não teve tempo de se adaptar a ela totalmente.

Conheça e emagreça com a dieta paleolítica


Dieta do DNA, você já ouviu falar nela? Se ainda não, é a hora de conhecer este método que dá a você a oportunidade de ter uma dieta personalizada e muito eficiente, proporcionando um emagrecimento rápido e saudável. Confira. Esta dieta propõe o estudo dos genes de cada indivíduo de forma a identificar a interação dos nutrientes dentro do organismo. E mais! Através desta dieta é possível identificar também a que tipo de exercício físico o seu metabolismo responde melhor.

Dieta do DNA: Qual o diferencial dela?



Dieta de Ornish
Semana retrasada, no texto 7 Melhores Dietas Para Diabetes Tipo 2 prometemos falar para vocês como funciona a Dieta de Ornish. Por isso, este texto foi escrito com muito carinho para cumprir nossa promessa. A Dieta de Ornish tem sido considerada um excelente programa de emagrecimento devido aos benefícios que traz ao organismo. É uma dieta multifuncional em questão de tratamentos de saúde, pois pode ser adaptada para...

Saiba como funciona a Dieta de Ornish


dieta pós-parto
Dieta pós-parto esta é uma das dúvidas mais constantes das mulheres que estão ou ainda vão passar pelo momento único e repleto de transformações que é a gestação. Após a gestação o gasto energético aumenta devido à amamentação, este gasto calórico pode chegar a até 700 calorias. Além disso, a mãe precisa se alimentar bem para que possa passar ao bebê os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento. Como fazer do jeito certo para voltar à boa forma de um jeito saudável? Continue lendo e descubra esta e outras respostas aqui!

8 passos para fazer uma dieta pós-parto


1

Dieta Atkins, você já ouviu falar nela? Se não, hoje vamos mostrar a você mais esta alternativa para alcançar a boa forma. Conheça aqui os detalhes desta dieta que fez muito sucesso nos anos 80 e vem conquistando cada vez mais adeptos.

Como funciona a dieta Atkins?

dieta atkins 2O objetivo desta dieta é levar o seu corpo ao emagrecimento modificando o seu metabolismo. Para isso ela restringe o consumo de carboidratos.

Na falta de carboidratos o seu organismo se vê obrigada a utilizar as gorduras e as proteínas como fonte de energia é onde acontece a perda de peso.

Os alimentos liberados no cardápio:

Devem ficar de fora do cardápio:

  • Alimentos a base de farinha branca;
  • Todo tipo de frutas por conta da frutose que é uma fonte de carboidrato;
  • Refrigerantes por serem ricos em açúcares;
  • Carboidratos em geral como pães, bolachas, doces, massas, arroz;
  • Leguminosas como milho, feijão, ervilha, soja e outros;
  • Embutidos como salsicha, linguiça e salame;
  • Margarina, requeijão, maionese industrializada;
  • Leite e derivados;
  • Chocolate e achocolatado;
  • Farinha de milho, mandioca e a aveia;
  • Grãos e cereais;
  • Temperos condimentados, molho para saladas e outros tipos que tenham carboidrato;
  • Chás de fruta;
  • Alimentos diet e com redução de gordura porque normalmente são ricos em açúcares.

Quais alimentos estão liberados na dieta Atkins?

  • Carnes em geral;
  • Óleos vegetais como o de canola, girassol e soja;
  • Presunto;
  • Gordura de origem animal como a manteiga e a nata que é liberada na quantidade de duas colheres (sopa) por dia e gorduras do bem como azeite de oliva extra virgem, óleo de coco, abacate e outros;
  • Ovos à vontade;
  • Queijos duros e amarelos (30 gramas por dia);
  • Adoçantes com zero caloria;
  • Café, chá de ervas, água, mate sem adição de açúcar, utilize adoçante de 3 a 4 gotas se necessário;
  • Alguns tipos de verduras e legumes (com baixo índice glicêmico) como alface, folhas em geral, berinjela, abobrinha, chuchu, tomate, couve flor, brócolis, rabanete, pimentão, pepino, repolho, acelga;
  • Dê preferência pelos temperos naturais como alho, cebola, salsinha, cheiro verde, sal. Além disso, devem entrar no cardápio os temperos conhecidos como termogênicos como pimenta, curry, açafrão, ervas aromáticas, que ajudam a diminuir a quantidade de sal das suas refeições e realçam o sabor.

Os alimentos termogênicos ajudam a acelerar o seu metabolismo de forma natural colaborando para o emagrecimento.

As 4 fases da dieta Atkins:

O Dr. Atkins médico criador desta dieta a dividiu em 4 fases para facilitar a adaptação das pessoas a este novo modelo alimentar. São elas:

1ª fase: É a fase de indução. Esta é conhecida como a fase mais restritiva da dieta. Nela só é permitido o consumo de até 20 gramas de carboidrato por dia.

É onde seu corpo entra em processo de Cetose e seu organismo passa a utilizar as gorduras como fonte de energia. Esta fase tem a duração de 2 semanas e sua dieta se baseia no consumo de proteínas e gorduras sem restrição de quantidades.

2ª fase: Perda de peso constante.

É introduzido ao cardápio 5 gramas de carboidrato por semana. É nesta fase que seu organismo é colocado em teste, ou seja, analisa-se como ele reage com a introdução de carboidratos novamente na dieta e em que quantidade ele continua dando uma resposta ao emagrecimento.

Nesta fase é muito importante beber bastante água e aumentar o consumo de verduras e legumes de baixo índice glicêmico. Os alimentos de baixo índice glicêmico são ricos em fibras por isso tem uma digestão mais lenta favorecendo a saciedade e a melhora do funcionamento intestinal.

3ª fase: Pré-manutenção.

Conforme você vai perdendo peso a quantidade de carboidrato liberada na dieta aumenta para 10 gramas a cada semana. Esta tática deve permanecer até que você atinja a estabilidade do peso, ou seja, fique com um peso estável mais que seja satisfatório para você.

4ª fase: Manutenção.

Aqui você vai equilibrar a quantidade de carboidrato de forma que consiga manter a perda de peso. Para isso deve seguir com a lista de alimentos permitidos e incluir no cardápio os carboidratos complexos que são ricos em fibras e tem baixo índice glicêmico o que ajuda a manter o seu emagrecimento e favorecem a saciedade.

Quantos quilos é possível perder com a dieta Atkins?

Isto depende de como cada organismo reage às mudanças no padrão alimentar mais as pessoas que seguem o passo a passo da dieta conseguem perder até 8 quilos em 30 dias.

Palavra de nutricionista: A dieta Atkins pode sim fazer você emagrecer rápido, porém através da restrição de alguns nutrientes e esta não é a forma mais saudável de emagrecer.

Além disso, o consumo exagerado de proteínas e gorduras pode levar a uma sobrecarga no seu organismo atingindo órgãos como fígado e rins levando a sérios problemas de saúde.

Por este motivo, para um emagrecimento saudável e duradouro siga o caminho da reeducação alimentar com o acompanhamento de um nutricionista.

Você conhece alguém que já testou a dieta Atkins e teve bons resultados? Se sim, deixe o seu comentário registrado aqui, sua opinião é muito importante para nós.

Até o próximo post!

Dieta Atkins: qual o diferencial desta dieta?



dieta da sopa 1
Quer eliminar 7 quilos em uma semana de forma saudável e natural? Veja esse passo-a-passo da dieta da sopa, veja os benefícios e as vantagens. A dieta da sopa consolidou sua fama há muito tempo. Aprenda aqui como ela funciona e seus benefícios para um emagrecimento natural. Quer ficar em forma no inverno? A dieta da sopa te dá esta oportunidade, você emagrece de um jeito simples e eficiente. Saiba aqui como ela funciona e conheça a opinião de uma nutricionista sobre o assunto. Na dieta da sopa você deve substituir as refeições principais, ou seja, almoço e jantar por sopa. Esta sopa pode ser industrializada ou feita em casa.

Veja como eliminar 7 quilos em apenas uma semana com ...


Dieta ideal para perder peso
Qual é a dieta ideal para se perder peso e qual deve ser evitada para não perder a saúde? Em Resumo, qualquer dieta que procure tirar alimentos necessários ou procure reduzir sua alimentação a um ou outro alimento deve ser evitada para que não surjam problemas mais graves. Por vivermos numa sociedade em que grande parte das pessoas estão obesas ou, no mínimo, acima do peso ideal, somos levados a buscar sempre novas informações a respeito do assunto. E se você chegou até aqui buscando esclarecimentos sobre as melhores dietas para perder peso, vamos tentar tirar suas dúvidas a respeito daquilo que deseja.

Veja qual é a dieta ideal para se perder peso ...


Dieta mediterrânea
A dieta mediterrânea, como o próprio nome já diz, é a dieta baseada na alimentação dos povos que habitam os países ao longo da região do Mar Mediterrâneo, entre a África e a Europa (Líbia, Marrocos, Turquia, Líbano, Itália, Espanha e Grécia, entre eles). Esses países podem não compartilhar diversos aspectos de suas culturas, religião e políticas mas, ao longo dos milênios compartilharam o mesmo clima...

Vantagens e desvantagens da dieta mediterrânea



Dieta Macrobiótica: Dieta para emagrecer e viver melhor
A dieta Macrobiótica não é uma mera dieta para emagrecer, mas um verdadeiro estilo de vida. Por mais que a perda de peso seja atingida facilmente com essa dieta, a busca pela plenitude de vida é o seu principal objetivo. Daí surge o seu nome: “macro” vem de grande, e “bio” vem de vida. Ter uma grande vida é o desejo de todos os que a seguem e que buscam atingir o bem-estar físico, mental, social, espiritual e ecológico.

Dieta Macrobiótica: Dieta para emagrecer e viver melhor


Dietas famosas e seus riscos para a saúde 1
Existe um grupo de dietas que são um risco comprovado à saúde. Como muitas dessas dietas são adotadas por pessoas populares, não demora para que seus fãs entrem na onda e invistam em uma dieta totalmente contraindicada para a sua compleição. Essas dietas tem como principal característica o fato de serem extremamente restritivas.

Dietas famosas e seus riscos para a saúde


Dieta facial
Por mais estranho e inusitado que possa parecer, existe sim uma dieta que é elaborada a partir de uma análise facial. Desenvolvido por uma nutricionista britânica, o método é aplicado simplesmente após se fazer o que profissional caracteriza como "interpretação facial". Feito isso, seria possível identificar quais são as ausências de nutrientes e os órgãos que, consequentemente, estão sendo afetados. A partir daí, estabelece-se um cardápio que visa desintoxicar e nutrir o organismo.

Você conhece a dieta facial? Veja algumas características



Dia do lixo e hábitos alimentares saudáveis
O dia do lixo" nada mais é do que aquele dia no qual fica liberado o consumo de quaisquer itens estranhos a uma dieta recomendável. É uma espécie de descanso das agruras sofridas enquanto se mantém a dieta, ou seja, é a fuga preferida de quem não suporta os alimentos que compõem seu cardápio diário, mas que, por outro lado, tem consciência de que o seu abandono por completo acarretará no retorno do peso perdido, processo que não raramente consume uma boa dose de esforço.

O que é o dia do lixo?


Dieta da banana - Tudo que você precisa saber 2
Primeiramente, é preciso desfazer um mito, pois a dieta da banana não preza, obviamente, apenas pelo consumo dessa fruta. A única exceção é quanto ao café da manhã, quando a orientação é para consumir, de fato, apenas banana. Originada na Ásia, mais precisamente no Japão, a dieta coloca o consumo da banana como elemento central da alimentação devido à concentração de amidos e determinas enzimas que fazem parte das substâncias que são ingeridas com o fruto.

Tudo o que você precisa saber sobre a dieta da banana


Dieta da USP
Embora o cardápio sugerido pelo processo realmente consiga produzir os efeitos desejados, o emagrecimento pode vir acompanhado de uma série de desagradáveis efeitos colaterais. De acordo com os nutricionistas, o grande problema da dieta da USP e similares é a baixa ou quase inexistência do consumo de alimentos que contenham carboidratos.

Veja alguns perigos trazidos pela dieta da USP



DIETA DOS PONTOS 2
A dieta dos pontos consiste em pontuar os alimentos de maneira que facilite a contagem de calorias diárias. Cada ponto equivale em média a 3,6 calorias. Esta dieta inclui praticamente todos os alimentos da cadeia alimentar, no entanto, cada pessoa tem uma pontuação máxima que pode alcançar, onde aspetos como a idade, o peso e a altura contam nessa pontuação.

Saiba mais sobre a DIETA DOS PONTOS


Dieta desintoxicante 4
Nos dias de hoje vivemos numa sociedade em que o nosso ritmo alucinante do dia-a-dia não nos permite ter uma vida muito ativa no que diz respeito á prática de exercício físico, e portanto, tudo isto nos leva a ter um estilo sedentário. Esta vida menos saudável exerce uma carga mais forte em nosso organismo, e por esse motivo é essencial fazer uma dieta desintoxicante.

Dieta desintoxicante: Conheça este método


A dieta Dukan foi criada pelo médico e nutrólogo francês Pierre Dukan. A dieta ganhou adeptos no mundo todo, inclusive ele ficou famoso com o lançamento do livro ‘Eu não consigo emagrecer’, que foi lançado na frança em 2000, assim como vários outros livros, um site específico que trabalha diretamente com a dieta e com as metas individuais das pessoas na perda de peso, trazendo várias receitas, organizadas por ordem alfabética. Essa dieta foi adotada por algumas famosas, como Kate Middleton e Jennifer Lopez, consequentemente a repercussão dos resultados da dieta foi espetacular e logo virou a dieta da moda.

Dieta Dukan – Veja alguns prós e contras



Dieta sem glúten 1
Afinal, uma dieta sem glúten pode favorecer a perda de peso? Dieta sem glúten favorece a perda de pesoA resposta é simples, por dois motivos. O primeiro é que hoje em dia, e principalmente no Brasil, a maioria de nossos alimentos industrializados contém glúten em sua composição. Especialmente aqueles como, bolachas, pães, bolos, alguns sorvetes, cervejas, etc. O glúten melhora a textura dos alimentos, e esse é um dos motivos pelo qual é tão utilizado. Então, conclui-se que apenas cortando estes tipos de alimentos do seu dia a dia, já há grande possibilidade de eliminar peso, desinchar e ainda se sentir mais disposta. Mas vale lembrar que mesmo adotando uma dieta sem glúten, é importante não abusar da quantidade de alimento ingerido, pois um pão sem glúten, por exemplo, é feito com diversos tipos de farinha, como fécula, polvilho, farinha de arroz, e contém índice de carboidratos também significativos.

Será que uma dieta sem glúten favorece a perda de ...


De acordo com uma ampla revisão de diversos estudos científicos, o cardápio vegetariano, ou pratos ricos em folhas verdes e destituídos de carne vermelha tendem a proporcionar melhor qualidade de vida ao indivíduo. A pesquisa, encabeçada por cientistas japoneses do National Cerebral and Cardiovascular Center promete causar polêmica. Isso porque já faz tempo que o debate acerca da necessidade ou não de se consumir carne vermelha toma o centro das atenções. De um lado, os que são adeptos do cardápio vegetariano, do outro, aqueles que jamais pensariam em dispensar um churrasco e veem tal atitude como um absurdo contrário ao instinto animal. A seguir, saiba mais sobre o assunto, conheça as vantagens de seguir o cardápio sugerido e tire suas próprias conclusões.

Cardápio vegetariano e a pressão arterial




Dieta da cesta básica
Quase todas as matérias e publicações relacionadas à dietas apresentam uma lista de alimentos excêntricos à maioria da população. Além disso, a maior parte das sugestões de cardápio é composta por elementos nada baratos, razão pela qual muitas pessoas sequer iniciam a dieta. Mas, ter um corpo saudável não deve ser exclusividade de alguns. Quem não tem muitos recursos financeiros no momento ou simplesmente não vê muito sentido em gastar uma “fortuna” no supermercado, pode buscar os nutrientes essenciais ao organismo nos próprios elementos que formam a chamada cesta básica.

Economize e emagreça com a fantástica dieta da cesta básica


Celulite - Dieta perfeita para eliminar
Reeducação alimentar e uma intensa bateria de exercícios físicos continuam sendo as melhores maneiras de deixar o corpo em forma. Em se tratando do corpo feminino, a celulite é um dos males que mais afligem as mulheres. Raras são exceções de corpos totalmente livres desses incômodos orifícios. No entanto, não basta praticar atividades que movimentem o corpo e manter uma alimentação saudável. No que tange às refeições diárias, existem alimentos que podem acelerar o processo de restauração corporal.

Dieta perfeita para eliminar celulite


Dieta do Mediterrâneo 1
Essa dieta leva esse nome porque foi desenvolvida e é embasada no perfil alimentar dos moradores que compõem os países situados ao redor do Mar Mediterrâneo. Dentre as nações mais conhecidas, destacam-se o Líbano, o Marrocos, a Grécia, a Turquia, a Líbia, o Egito e, principalmente, os países da península ibérica: Espanha e Portugal. Como se vê, a lista é constituída por países que na maioria das vezes não falam a mesma língua. Essas diferenças são profundas e se tornam evidentes diante de debates políticos, culturais e religiosos.

Dieta do Mediterrâneo – Rica e saudável



Dieta do glúten 1
Quem deseja emagrecer precisa ficar atento aos produtos que informam a ausência de glúten. Como se trata de um elemento que se localiza na última escala do processo digestivo, fazer uma dieta baseada na falta dessa proteína é altamente benéfico para o organismo. Depois de intensas pesquisas científicas chegou-se à conclusão de que, em excesso, o glúten pode ter efeitos devastadores no corpo.

Saiba mais sobre a dieta do glúten


Índice glicêmico
O índice glicêmico indica em quanto tempo as moléculas de carboidratos serão decompostas e transformadas em açúcar, que por sua vez passarão a circular pela corrente sanguínea. Quanto maior for o nível de glicemia de determinado alimento, menor será o tempo para que todo esse processo se concretize. Isso acarreta uma quantidade maior de açúcar no sangue. O excesso de alimentos detentores de altos índices glicêmicos pode levar o corpo a um estado de caos interno, uma vez que pode afetar o pâncreas e gerar uma paralisação de insulina, substância reguladora da concentração de açúcar na corrente sanguínea.

Saiba mais sobre a dieta do Índice glicêmico


Dietas 2
Quando começamos uma dieta, ouvimos milhares de coisas que as pessoas acreditam que irão nos ajudar. Porém, nem tudo aquilo que ouvimos é verdade. Algumas dessas coisas são ditas há tanto tempo que se tornaram quase verdades incontestáveis, e muitos a tomam assim, quando na verdade, quase ninguém procura pesquisar pra saber se o que dizem é realmente um fato.

Dietas, mitos e verdades populares



Dieta detox para o pós-festas 3
Durante as festas de final de ano, sempre exageramos na comida, não tem jeito. Com tantas opções deliciosas, não resistimos. Mas, o verão está aí e damos algumas dicas de como ficar com o corpo perfeito para encarar o biquíni. Veja um pouco sobre a dieta detox e observe como mudanças simples em alguns hábitos podem ajudar, e ajudar muito!

Dieta detox para o pós-festas


Dieta Ravenna 1
A Dieta Ravenna é mais do que a montagem de um cardápio alimentar especial. Desenvolvida durante a década de 1990 pelo médico argentino Máximo Ravenna, a essa dieta surgiu após um estudo aprofundado realizado em conjunto com vários médicos, profissionais de Educação Física, terapeutas e, é claro, nutricionistas. A seguir, saiba mais sobre essa dieta e quais são os resultados proporcionados por ela.

Saiba mais sobre a Dieta Ravenna


Dieta alternativa 3
Sempre que se fala em dietas, as saladas ocupam lugar de destaque. No entanto, existem pessoas que possuem extrema dificuldade para ingerir alimentos crus e acabam passando reto pelas folhas verdes. O que muita gente não sabe é que é, perfeitamente, possível manter uma alimentação equilibrada sem a presença de salada crua. A seguir, confira as alternativas mais comuns.

Dieta alternativa para quem não gosta de salada