Veja nossas dicas para deixar sua sopa mais saborosa e nutritiva

Estamos no outono e as noites já se apresentam com temperaturas mais agradáveis. Isso faz com que a sopa, tradicionalmente comida quente, (embora existam versões frias) volte a ser um prato apetitoso. Mas, é interessante salientar que, além de ser uma das melhoras formas de aquecer o corpo e causar uma forte sensação de conforto, a sopa também pode se tornar uma importante aliada para que o corpo absorva grande parte dos nutrientes essenciais ao desenvolvimento e manutenção das inúmeras funções que ocorrem dentro do organismo. Na sequência, saiba mais sobre o assunto e aprenda a deixar a sua sopa com um aroma mais denso, além de muito mais nutritiva.

Como deixar a sopa mais saborosa e nutritiva

Prato de sopa - como deixar sopa mais saborosa e nutritivaEvite o uso de temperos prontos

Diante da vida atribulada que levamos, o uso dos temperos que já vêm prontos se torna algo corriqueiro, para não dizer automático. No entanto, se o intuito for ampliar a carga nutricional da sopa, vale a pena trocar toda essa praticidade por condimentos mais naturais e nutritivos, características opostas às encontradas nos diversos caldos sólidos e compactos comercializados atualmente. Esses produtos são industrializados. Logo, contêm elevada concentração de sódio, que em quantidades desreguladas pode ocasionar retenção de líquidos e outras complicações graves. Portanto, de acordo com os nutricionistas, o ideal é ter mais paciência para que o caldo se encorpe de modo natural, sem ser acelerado por um composto industrial.
Outros elementos que devem ser evitados são o creme de leite e queijos gordurosos. Ambos concentram grandes quantidades de gordura saturada. No caso dos queijos, uma alternativa é o uso do tofu.

Misturas indigestas e perda nutricional

Certamente, é importante lembrar que, após passarem muito tempo em contato com a água fervente, os vegetais perderão perder uma considerável parcela do seu valor nutritivo. Por outro lado, este acaba ficando depositado no próprio caldo que é gerado. Portanto, na hora de comer a sopa é fundamental que se dê a devida atenção ao caldo.
Outro detalhe importante é não misturar elementos que não combinam. Assim, sopas que têm como base de preparo o leite jamais devem receber carne. A cautela se deve ao fato de que o ferro da carne reage diretamente com o cálcio do leite, gerando um composto que não é absorvido pelo organismo.

Maneira mais indicada para o preparo da sopa

Todos os ingredientes que serão adicionados à sopa não devem passar pelo liquidificador porque esse processo faz com que a cota de fibras se perca pelo caminho. Apesar dessa perda não ser muito elevada, todo e qualquer hábito que colabore para fortalecer a sopa deve ser empregado.
Picar os alimentos de forma correta também ajuda a manter uma porcentagem maior de nutrientes. Desse modo, quanto maiores forem os pedaços dos alimentos, menos perda nutricional ocorrerá. Seguindo esse raciocínio, os legumes devem ser levados à sopa em tamanhos grandes, enquanto que as carnes devem ser picadas em tamanhos menores visando à ampliação do sabor do caldo.

Sopas podem ser congeladas

Geralmente, as sopas preparadas em casa rendem muitas porções. Consequentemente, o consumo completo da refeição se torna uma tarefa difícil de ser cumprida, salvo exceção nos casos em que há grande quantidade de pessoas.
Caso se já necessário, embora perca um pouco do seu valor nutricional original, a sopa pode ser congelada sem grandes problemas. E mesmo assim, ela ainda consegue deter uma concentração de nutrientes muito superior ao contido em uma sopa que tenha passado por um processo industrial. Portanto, conservar a sopa na geladeira é uma boa alternativa.
A única ressalva dos nutricionistas diz respeito ao modo como o processo é feito, pois ao invés de colocar a sopa em um único recipiente, o recomendável – se possível – é subdividi-la em várias partes. Esse cuidado fará com que seja descongelada apenas a porção que, de fato, será consumida naquele momento, evitando sucessivos descongelamentos e congelamentos.

O que deve ser acrescentado à sopa

Existem determinados ingredientes que devem ser considerados básicos de uma sopa. Dessa forma, cada grupo nutricional deve ter os seus representantes. Isso faz com que a sopa se transforme em uma refeição verdadeiramente completa. Para alcançar esse nível, não deixe de introduzir peixe ou carne de frango, macarrão, batata, ervilha, lentilha, aveia e arroz integral. Esses alimentos podem ser combinados das mais variadas formas. Além disso, essa pequena lista é apenas uma sugestão, pois outros alimentos igualmente nutritivos podem e devem acompanhar as sopas. Para concluir, sempre é bom evitar o uso excessivo de sal. Pensando nisso, a utilização do salsão, por exemplo, é uma ótima maneira de substituição do sódio, além de contribuir para ampliação do aroma.

O poder da canja de galinha

Por fim, as sopas podem ser bem mais do que meramente saborosas. De acordo com alguns estudos científicos, alguns tipos de sopas vão além da simples reposição de nutrientes para o corpo. Segundo os cientistas, algumas versões, como a canja de galinha, ajudam e amenizar os sintomas da gripe. O efeito é decorrente da liberação de um aminoácido que possui propriedades análogas às contidas em xaropes expectorantes.

Leia também:
Veja o artigo TEMPEROS NATURAIS, MAIS SABOR NO SEU PRATO
 Veja RECEITAS MARAVILHOSAS PARA CONGELAR

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE