Veja as principais causas da queda de cabelos, problema bastante comum que atinge milhões de pessoas


queda de cabelosA queda de cabelos é um problema bastante comum, atingindo milhões de pessoas, principalmente do sexo masculino, pelo mundo todo. O que não impede, naturalmente, que atinja também as mulheres.

Precisamos, no entanto, fazer a devida distinção entre queda de cabelos e calvície. Os homens, em sua maior parte, são afetados pela calvície, cientificamente chamada de alopecia androgenética, um mal que atinge, em número bem menor, também pessoas do sexo feminino.

A calvície é a perda de cabelos através dos anos, sendo causada por diversos fatores e com diversas maneiras de tratamento ou de lidar com o problema, já que grande parte dos homens consegue assumir a própria calvície e não fazem qualquer tipo de tratamento.

Enquanto a calvície é marcada pela perda progressiva de cabelos, a alopecia areata é um problema que pode atacar o couro cabeludo e outras partes do corpo, eliminando todos os pelos e cabelos. No caso de alopecia areata, existem os tipos temporários e os permanentes.

O grande problema da queda de cabelos é quando atinge mulheres e, nesse caso, pode ter diversas causas, inclusive patológicas, como doenças da tireoide, doenças infecciosas e autoimunes, além de deficiência de ferro ou na fase de amamentação. Nesse caso, é preciso determinar as causas da queda de cabelos, a quantidade perdida e a velocidade em que está acontecendo para providenciar o correto tratamento.

Causas da queda de cabelos

Normalmente perdemos de 50 a 100 fios de cabelo todos os dias, o que não é nada comparado aos mais de 100 mil fios que temos no couro cabeludo. Com a idade, os fios de cabelo vão se tornando mais finos, perdendo também os folículos e criando a calvície. Em algumas pessoas, a queda de cabelos é mais acentuada, e isso pode indicar algum problema de saúde.

A queda de cabelos pode ser provocada por mudanças hormonais e metabólicas, como pode ser verificado em boa parte dos problemas apresentados pelas mulheres, seja no período da gravidez ou na amamentação, ou mesmo devido ao uso de anticoncepcionais, além de também ocorrer na menopausa.

Problemas de tireoide, o órgão endócrino que regula os níveis de hormônio no corpo humano; alopecia, quando o sistema imunológico ataca os folículos capilares, provocando a queda de tufos de cabelo; infecções no couro cabeludo, como micoses e doenças como o lúpus e o líquen plano, podem levar à queda de cabelos.

Além disso existem também medicamentos que provocam queda de cabelos como efeito colateral, principalmente os utilizados em quimioterapia, para tratamento de câncer, e os indicados para depressão, artrite e problemas cardíacos.

Mais uma causa pode criar o início da queda de cabelos, e nada tem a ver com causas físicas: o estresse emocional, relacionado a alguma experiência traumática ou não também pode iniciar o processo de queda de cabelos.

A causa mais comum, no entanto, para a queda de cabelos, é hereditária, o que provoca a calvície, principalmente nos homens, embora também as mulheres possam trazer em seus genes a herança do problema. A calvície ocorre por causa dos hormônios sexuais, que miniaturizam os fios de cabelo e os eliminam gradativamente. Nos homens, geralmente a calvície começa na puberdade, agravando-se com o tempo.

Uma das causas de queda de cabelos é uma doença psicológica, a tricotilomania, quando a pessoa arranca compulsivamente os fios de cabelos com as mãos, tornando-se responsável por falhas no couro cabeludo.

Tratamento

O tratamento para a queda de cabelos deve ser feito de acordo com o diagnóstico médico. Assim, apenas um especialista é que pode dizer as causas e prescrever o tratamento mais indicado para cada caso, bem como a duração e a dosagem dos medicamentos utilizados. Entre os medicamentos indicados para a queda de cabelos, temos o avicis, a betatrinta, a finasterida e o pantogar.

No caso de sentir queda de cabelos – e devemos dizer queda acentuada, quando passar a mão pelo couro cabeludo e caírem tufos nas mãos – a melhor recomendação é procurar apoio médico. Seguindo criteriosamente as prescrições indicadas pelo médico, quem tem queda de cabelos irá certamente encontrar a cura.

O importante, em qualquer caso de saúde, é não se automedicar, mesmo conhecendo alguns tipos de medicamentos.

Conheça a Folilaser – Escova Laser para recuperar o cabelo!


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário