É possível emagrecer com saúde


Estamos na Primavera, a poucos meses do verão e agora é o momento em que todo mundo já começa a entrar no clima de malhação e dietas. Mas será que é possível fazer tudo isso com saúde? Muitas vezes vemos as mulheres lendo artigos na internet, nas revistas e até “emprestando” dietas das amigas, mas isso é perigoso e pode trazer complicações. Então surge a pergunta, é possível emagrecer com saúde?

É possível emagrecer com saúdePara a nutricionista especialista em Obesidade e Emagrecimento, Rejane Pereira da Silva (CRN 15794) é necessário e é possível emagrecer com saúde.

“O primeiro passo para emagrecer é ter determinação, acreditar que é possível e o segundo é a reeducação alimentar, tirar alimentos ricos em gordura e açúcar e consumir mais alimentos saudáveis através das frutas e verduras” recomenda Rejane.

Segundo a especialista, a fórmula do emagrecimento é a mudança do hábito alimentar e do estilo de vida, pois grande parte da população não consome diariamente frutas e verduras, e o sedentarismo que cada vez mais vem crescendo em todas as faixas etárias da vida.

“Hoje o que pregamos é a alimentação saudável e atividade física, temos que ter um gasto calórico para perder peso, não só tirando calorias da alimentação, o exercício é primordial, não só para emagrecer como também para ter uma melhora na qualidade de vida”. Temos que fazer seis refeições por dia no intervalo de no máximo três horas, sendo o café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia, com essas medidas simples já é possível emagrecer com saúde.

 ALIMENTOS
 O tipo de alimento consumido tem que ser à base de carboidrato, proteínas, lipídio, vitaminas e minerais, mas só calculando o plano alimentar do paciente que os profissionais conseguem adequar os nutrientes na porcentagem adequada para as necessidades diárias de cada um.

Para a nutricionista, o grande truque é a devida mastigação dos alimentos para iniciar a redução de peso, pois aprendendo a mastigar se consegue a saciedade muito mais rápida. Preste atenção no que se come e na quantidade que se ingere. Existe um tempo para o estômago mandar um sinal para o cérebro que você já está alimentando, que é de no mínimo 20 minutos. Conforme recomendação, a mastigação deve acontecer no mínimo 30 vezes por garfada. No começo é difícil, mas logo ocorrerá uma adaptação e a tarefa se torna natural e inevitável.

No período noturno é muito importante realizar o jantar e fazer a ceia, mas temos que saber que tipos de alimentos nós podemos consumir, por exemplo, no jantar comer um prato de salada com um bife grelhado e três colheres de sopa de arroz, e para finalizar na ceia comer uma fruta, não engorda e ajuda a emagrecer.

O vilão do emagrecimento é o estresse, pois no período conturbado liberamos uma quantidade maior do hormônio cortisol que bloqueia o emagrecimento, e para aliviar o estresse nada melhor que praticar atividade física diariamente.

Antes de realizar qualquer dieta temos que realizar os exames bioquímicos necessários para avaliar a saúde, como os de: glicose em jejum, colesterol e suas frações, triglicerídeos, o funcionamento da tireoide. Todas essas taxas influenciam no tipo de dieta que o paciente tem que seguir.

Não basta só cortar calorias temos que adequar os nutrientes na alimentação para o bom funcionamento do organismo e assim podermos ver que é possível emagrecer com saúde.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário