Saiba mais sobre a Dieta Ravenna 1


A Dieta Ravenna é mais do que a montagem de um cardápio alimentar especial. Desenvolvida durante a década de 1990 pelo médico argentino Máximo Ravenna, a essa dieta surgiu após um estudo aprofundado realizado em conjunto com vários médicos, profissionais de Educação Física, terapeutas e, é claro, nutricionistas. A seguir, saiba mais sobre essa dieta e quais são os resultados proporcionados por ela.

A Dieta Ravenna é um tratamento que envolve e está correlacionado a diversas disciplinas.

[caption id="attachment_10774" align="alignleft" width="444"]Dieta Ravenna Créditos da foto[/caption]

O corpo formado por especialistas citados acima criaram uma dieta composta pela junção entre a redução do consumo de calorias e exercícios físicos regulares. Até aí, nenhuma novidade, já que esses são preceitos de quase todas as demais dietas já propostas até o momento. A diferença da Dieta Ravenna é que esta também agrega uma terapia comportamental que tem o objetivo de ajudar as pessoas a não ingerir alimentos por impulso.

Dividida em duas fases, em um primeiro momento a dieta prevê uma lista de alimentos que não podem ser ingeridos a fim de que o adepto alcance o emagrecimento. A segunda parte do tratamento está vinculada à manutenção do peso auferido, trazendo ao cardápio todos os alimentos que são evitados durante a realização da primeira etapa. Contudo, essa inserção é efetuada de modo gradual, sem pressa.

A razão para a divisão da dieta em duas etapas é que, de acordo com os nutricionistas que participam do programa, emagrecer e passar por uma reeducação de modo simultâneo é algo muito complicado para a grande maioria das pessoas. Fazendo a diferenciação, os adeptos ao tratamento conseguem equilibrar o peso e depois recebem todas as orientações possíveis a fim de que a conquista do peso ideal não se perca pelo caminho. Os terapeutas também frisam que o ato de se enxergar magro, ou seja, com o resultado esperado, serve de incentivo à mudança dos hábitos alimentares, uma vez que o interessado estará muito mais focado e determinado a ostentar o “novo” corpo.

Dieta customizada

Segundo os nutricionistas que aplicam a Dieta Ravenna, o tratamento interdisciplinar característico e a quantidade de calorias a ser consumida diariamente – 800 a 1200 ao todo – são as únicas coisas em comum entre os tratamentos desenvolvidos de um paciente para o outro. Isso é enfatizado porque a dieta tem aspecto personalizado. As clínicas autorizadas a cultivar o método realizam entrevistas com os pacientes e elaboram um cronograma baseado nas dificuldades particulares de cada indivíduo e no seu perfil como um todo.

A base da dieta Ravenna

A estratégia adotada pelo método Ravenna é embasada na adição de carboidratos que possuem baixas taxas de índice glicêmico, o que acarreta em uma liberação lenta de glicose no organismo. O resultado é que o corpo eliminará mais gordura na busca de energia. Além disso, esses alimentos proporcionam proteção da musculatura e redução do apetite.

Os alimentos que são proibidos na dieta

Durante a chamada fase de emagrecimento, a Dieta Ravenna exclui os açúcares, alimentos gordurosos, além de qualquer tipo de farinha. Em contrapartida, o que deve ser consumido é constituído por um conjunto formado por ovos, chá, vegetais, café e frutas.

Para quem é direcionada a  dieta Ravenna

Essa dieta é voltada a todas as pessoas que se encontram em situação de obesidade ou que apresentem sobrepeso. Cabe ressaltar que o tratamento não pode ser aplicado em pessoas que possuam qualquer tipo de contraindicação médica devido a consequências funestas que ocorreriam em virtude da perda de peso.

A média de perda de peso varia de 5% a 7% para as mulheres e oscila de 7% a 10% no caso dos homens. (Veja aqui outras DIETAS)


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

Um pensamento em “Saiba mais sobre a Dieta Ravenna

  • Pingback: Dieta sem glúten pode favorecer a perda de peso? | Boas & Novas