Dieta para diabéticos – O que comer?


Dieta para diabéticosQuem é diabético ou hipoglicêmico sabe que na hora de fazer uma dieta, todo cuidado é pouco. Isso porque além dos níveis adequados de insulina e glicose no organismo, é sempre indicado em optar por uma alimentação eficiente, nutritiva e equilibrada, para que outras funções do organismo sejam beneficiadas.

É sempre indicado que antes de qualquer dieta, o diabético faça uma consulta médica e se oriente conforme um nutricionista, além de checar com frequência os seus níveis glicêmicos.

O que é a diabetes?

O diabetes mellitus, o tipo mais comum e crescente da doença, é uma alteração no metabolismo da glicose oriunda da deficiência na produção ou na ação da insulina – hormônio responsável pela diminuição da taxa glicêmica no sangue. Desta forma, a pessoa que tem a doença não pode fazer a ingestão exagerada de alguns alimentos. Para ter uma vida equilibrada, a dieta do diabético deve ser bastante variada, mas fracionada em pequenas quantidades, durante todo o dia.

Dieta para diabéticos – O que comer?

A alimentação da dieta para diabético não foge aos elementos da pirâmide alimentar, ou seja, todos os tipos de alimentos são importantes na alimentação do diabético como de qualquer indivíduo. Deve-se consumir diariamente os carboidratos, proteínas, gorduras, sais minerais, vitaminas, fibras vegetais e água, para ter uma vida plena.

É importante comer a cada duas horas pequenas refeições, para evitar a hipoglicemia ou hiperglicemia, com cinco a seis refeições ao dia. Livrar-se do estresse e da correria do dia a dia é muito importante. Todos os tipos de saladas são muito bem-vindos na dieta para diabéticos – isso aumenta a saciedade e oferece fibras e vitaminas ao organismo. Beber água entre as refeições (não durante as mesmas) é essencial – pelo menos dois litros ao dia.

Na dieta para diabéticos deve ficar de fora as frituras, refrigerantes, alimentos gordurosos e muito industrializados. Além disso, deve-se ponderar quanto ao sal – há muitos temperos naturais que o substituem e ajudam a reduzir o inchaço.

Nenhuma dieta substitui o tratamento e o controle do diabetes feitos por um médico já que cada caso é único e para cada pessoa deve haver um cardápio individualizado, conforme a idade, nível de atividade física, peso, altura, hábitos alimentares, utilização de hipoglicemiantes ou insulina.

Qual a diferença entre alimento diet e light

Os alimentos diet (que são os livres de açúcar) são bastante indicados para a dieta para diabéticos. Contudo, se a sua intenção é emagrecer, saiba que nem todos os alimentos diet possuem menos calorias. Neste caso, é aconselhável que o diabético também opte por produtos light, que apresentam redução mínima de 25% em alguns dos seus nutrientes. Alimentos naturais e orgânicos também são bastante indicados, desde que respeitem o consumo indicado para cada porção.

Outras informações você encontra no site da Associação Brasileira de Diabetes, acessando este link.


Sobre Daisy Libório

Daisy Libório é idealizadora dos projetos Maya Coaching - Pessoas e Resultados, Fett Text Bureau e Hora do Coaching. É formada em Letras e possui MBA em Comunicação e Semiótica, MBA em Propaganda, Marketing e Comunicação Integrada e especializações em Educação a Distância - Gestão e Tutoria e Língua Portuguesa e Literatura. Atua também como Life Coach.