Dieta do DNA: Qual o diferencial dela?


Dieta do DNA, você já ouviu falar nela? Se ainda não, é a hora de conhecer este método que dá a você a oportunidade de ter uma dieta personalizada e muito eficiente, proporcionando um emagrecimento rápido e saudável. Confira

Dieta do DNA o que é?

Dieta do DNAEsta dieta propõe o estudo dos genes de cada indivíduo de forma a identificar a interação dos nutrientes dentro do organismo.

E mais! Através desta dieta é possível identificar também a que tipo de exercício físico o seu metabolismo responde melhor.

Com isso você tem em suas mãos a combinação perfeita entre dieta e exercício para emagrecer rapidamente em um curto espaço de tempo.

Quantos quilos são possíveis eliminar com a dieta do DNA?

Os criadores do método garantem que é possível perder até 11 quilos em apenas 4 meses.

Como fazer a dieta do DNA?

Até aqui temos a certeza de que você gostou bastante da ideia de ter uma dieta específica às suas necessidades não é mesmo?

Mas se você quer ser um adepto desta dieta é preciso estar disposta (o) a desembolsar de R$270 a R$2300,00. Isto porque o método ainda não chegou ao Brasil.

O primeiro passo então é enviar uma amostra de saliva para o laboratório responsável pela criação da dieta. Este é o laboratório da Universidade Newcastle, é de lá que será traçado o seu perfil genético para que a partir daí você receba um plano alimentar individualizado.

Todo este processo pode demorar até 40 dias, mais quem já fez a dieta garante que o investimento vale muito a pena.

A dieta do DNA e suas possibilidades:

Após traçar o seu perfil genético pode-se definir um plano alimentar baseado em:

  • Baixo teor de gordura onde o máximo de gordura a ser ingerida no dia são 77 gramas;
  • Baixo teor de carboidratos onde você deve consumir de 20 a 60 gramas de carboidratos por dia dando preferência aos integrais;
  • Ou propor apenas alguns hábitos alimentares para equilibrar a sua dieta atual incluindo alimentos mais saudáveis.

Seja qual for a escolha ela é feita com a orientação de um nutricionista para que cada nutriente seja equilibrado de acordo com as necessidades do seu organismo e ao valor calórico total determinado para você.

Além disso, pare e pense! Independente de ter um plano alimentar exclusivo para você que te direciona também para os melhores exercícios para queimar as calorias em excesso com mais facilidade você precisa manter o foco em adquirir bons hábitos alimentares todos os dias para conseguir manter o peso perdido.

Você conhece alguém que já fez esta dieta? Se sim conte para nós deixando o seu comentário aqui, sua participação é sempre muito importante para nós!

Leia também:
Dieta do tipo sanguíneo – O que é, como fazer
Dieta ideal: A função do alimento em cada órgão
Dieta do Mediterrâneo – Rica e saudável

Até o próximo post!


Sobre Michelle Cristina Leite dos Santos

Nutricionista, formada desde 2009 pela Universidade Guarulhos. Atuo como personal diet e como redatora para blogs e sites de nutrição contribuindo assim para proporcionar mais qualidade de vida para as pessoas.

Deixe seu comentário