Dicas de como tratar a celulite


As revistas de fofoca são a prova de que inclusive as famosas sofrem com a celulite. E se ela é temida até em Hollywood, imagine no resto do mundo.

Dicas de como tratar a celuliteEstudos apontam que mais de 80% das mulheres com mais de 35 anos apresentam algum grau do problema. Temida e odiada, ela é o inimigo número um de muitas mulheres que adorariam olhar no espelho e ver uma pele lisinha. Graças a esses furinhos, muitas chegam a ter sua auto estima abalada. Na guerra contra essa inflamação do tecido celular é possível vencer a batalha?

Primeiro precisamos entender como e porque ela surge. Muitos profissionais acreditam que a celulite é um tipo específico de gordura localizada. Outros, dizem que, na verdade, o que há ali, naquela área áspera, não é gordura, mas sim toxinas. A maioria deles concorda porém, que a má circulação é parte fundamental deste processo.

Profissionais dividem a celulite em estágios. No primeiro, os furinhos são evidentes apenas quando pressionamos a região. Do segundo em diante ela é visível sem a necessidade de apertar a área. A partir do terceiro aparecem os nódulos mais preocupantes, que podem gerar, inclusive, dor e cansaço na região.  Reconhecer ou não o problema como caso médico depende da abordagem de cada profissional. Geralmente, quanto maior a incidência e o grau da inflamação, mais incômodos ela gera.

Diversos fatores podem desencadear a celulite e sua incidência não é muito bem explicada. O primeiro deles é genético, seguido pelo excesso de peso, retenção de líquidos, má circulação, sedentarismo e alimentação rica em gorduras. Dificilmente encontra-se um homem com esse tipo de inflamação do tecido celular. Isto acontece porque as mulheres possuem maior tendência a acumular gordura, um fator importante para o desenvolvimento do quadro inflamatório.

Por onde começar a tratar a celulite?
Ao contrário do que muita gente acredita, os tratamentos estéticos funcionam. Inclusive os cremes, que são tão desacreditados, promovem uma melhora na região afetada. Mas chegar à cura, de uma vez por todas, é praticamente impossível.

Assim como vários fatores são responsáveis pelo seu surgimento, várias abordagens são necessárias para promover uma melhora que seja visível. Separamos algumas práticas que podem fazer a diferença na hora de cuidar da região afetada. Adotar todas as medidas, numa abordagem abrangente, parece ser a solução mais eficaz.

Esteja no peso idealO excesso de gordura no corpo é um fator importante para o surgimento da celulite. Manter-se no peso ideal é um jeito eficaz de melhorar o aspecto da região.

Pratique exercícios físicos – Exercícios promovem a circulação da região, diminuem a gordura corporal e tonificam os músculos, melhorando consideravelmente a aparência da pele.

Alimente-se corretamente – Alimentos gordurosos, calóricos e com muito sódio favorecem o acúmulo de gordura e a retenção de líquidos. A melhor maneira de manter-se livre da celulite é adotar um estilo de vida saudável.

Aposte na drenagem linfática – Quando feita por um profissional qualificado, a drenagem linfática é uma maneira eficaz de promover a limpeza das toxinas do organismo, que são eliminadas pela urina. Com o auxílio de cosméticos específicos, que geralmente possuem cafeína em sua fórmula, este efeito é potencializado. Você pode aprender a fazer drenagem linfática em casa, mas os resultados são muito mais sutis.

Tome muita água – A retenção de líquidos é um fator importante no desenvolvimento da inflamação do tecido celular. A água limpa o corpo das toxinas, evitando que a inflamação apareça.

Tratamentos estéticos profissionais – Opções não faltam. Laser, massagem e até injeções podem ser utilizadas para atenuar a celulite. A maioria deles consegue melhorar o aspecto da pele. Mas o importante é lembrar que eles só terão efeito quando associados a hábitos saudáveis.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário