Cereais e sementes que ajudam a emagrecer 3


Conheça 7 cereais e sementes que são fortes aliados na busca pelo emagrecimento.

Cereais e sementesQuando se inicia uma campanha que deve levar à perda de peso, uma série de cuidados alimentares precisa ser inserida no cotidiano. E dentre os alimentos que prestam insubstituível colaboração para o emagrecimento estão diversos cereais e sementes. Ambos são ricos em fibras, elementos que propiciam maior sensação de saciedade, melhora do fluxo intestinal e redução de inchaço. Mas, ao pensar em inserir esses alimentos na dieta qual não é a surpresa de muitos diante da enorme variedade de opções disponíveis. Para facilitar a escolha e otimizar o seu tempo, confira a lista a seguir que contém indicações feitas por nutricionistas.

A semente de chia
Os resultados proporcionados por essa semente provinda originalmente de terra mexicanas é capaz de engrandecer qualquer café da manhã. Comprovadamente, a chia supera diversos outros alimentos em relação à concentração de determinados nutrientes como potássio, magnésio e ferro, só para citar alguns. Mas, o que chama a atenção é que essa semente congrega em si mais fibras e proteínas do que a aveia, um dos itens mais consumidos por pessoas que seguem um roteiro alimentar saudável.
Para obter os benefícios da chia, basta acrescentar uma colher de sobremesa da semente às vitaminas batidas no liquidificador ou ao iogurte. Essa recomendação é diária, já que a chia também é altamente calórica – 100 gramas do alimento possui 536 calorias.

A linhaça
Nada supera a quantidade de ômega 3 que pode ser encontrada na chia. Porém, a linhaça se torna uma ótima forma de variar o consumo dos alimentos que são ótimas fontes de fibras.
O diferencial da linhaça se deve à lignana, uma substância que contribui para a redução de chances de o organismo vir a desenvolver os temidos cânceres de próstata ou de mama.
Segundo os nutricionistas, um melhor aproveitamento da linhaça ocorre por meio da ingestão da semente triturada. E para não exagerar na dose, uma colher de sopa ao dia é mais do que suficiente.

O trigo em grãos
Por não passar por processo de refinamento, quando o trigo se mantém em formato de grãos ele não desintegra o gérmen e o farelo. Ocorre que é nessas partes que está contida a maior porcentagem dos minerais, vitaminas e fibras. No entanto, os nutricionistas alertam para tomar cuidado no ato da compra, já que muitos produtos são preparados à base de trigo refinado e, por conseguinte, apresentam doses super reduzidas de fibras.
Caso o sabor se torne intragável, convém mesclar o trigo em grãos com outros cereais listados aqui e incrementar a porção total através da inclusão de iogurte e frutas.

O müsli
Juntamente com a granola, o müsli é um delicioso mix de cereais. Essa versão é composta por frutos secos e é recomendável por conter doses de nutrientes mais elevadas em comparação com os chamados cereais puros.
A grande diferença entre o müsli e a granola é que o primeiro apresenta itens crus, característica que os torna mais nutritivos.

A aveia
A aveia possui um importante grupo de elementos formados por ferro, manganês, fósforo, magnésio, potássio, cálcio e vitaminas do complexo B. Por fornecer altas doses de energia, o consumo desse cereal é muito importante durante a prática de exercícios físicos. Além disso, a aveia detém beta-glucana, uma fibra essencialmente útil para pessoas portadoras do diabetes, pois ela atua diretamente no gerenciamento dos índices de glicose. A beta-glucana presta idêntico auxílio para o alcance do emagrecimento, uma vez que ela reduz bastante os teores de colesterol.

A granola
Esse mix de cereais, castanhas e frutas possui sais minerais e fibras. Uma porção de 100 gramas de granola contém valor energético superior ao contido na aveia, fato que também a classifica como importante alimento a ser ingerido antes das práticas de atividades físicas intensas.
Contudo, os especialistas em nutrição lembram que a granola “comum” é comercializada com forte adição de açúcar, o que pode prejudicar diversas dietas. Uma das soluções sugeridas é procurar pelas versões lights do alimento, que devem ser priorizadas. Entretanto, estas ainda devem ser consumidas sem exageros.

A quinua
Embora detenha características de plantio que impedem a sua classificação como cereal, a quinua possui mais proteínas do que a aveia, por exemplo. Esse quase cereal também contém os ômegas 3 e 6, além de ser rica em vitaminas e minerais.
De todos os cereais e sementes que são recomendados para quem quer emagrecer, a quinua é o mais fraco em fibras. No entanto, ela pode ser usada como complemento em conjunto com os demais tipos mencionados.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

3 pensamentos em “Cereais e sementes que ajudam a emagrecer