Veja como emagrecer e ficar em forma praticando artes marciais 2


Artes marciais

Durante muitos anos, as artes marciais foram atividades quase exclusivas dos homens. Com o tempo, isso foi mudando. Hoje em dia, as mulheres também são adeptas destes tipos de atividades físicas, não só com o objetivo de defesa pessoal (já que infelizmente, a violência nas cidades aumentou de forma considerável), mas também para eliminar algumas gordurinhas.
O que muitos buscam ao praticar qualquer uma das artes marciais é definir o corpo, já que elas ajudam (e muito!) a perder peso e trabalham o corpo por inteiro.

Artes marciais que ajudam a perder peso.

Muay Thai
Uma das mais populares nos dias atuais é o Muay Thai. Cada vez mais conhecida no mundo todo, trabalha punho, cotovelo, joelho, canela e o pé. Como pode haver ferimentos durante uma aula devido aos golpes, são necessários alguns equipamentos de segurança: luvas, capacete e caneleiras, por exemplo. Essa arte marcial é tão eficiente, que durante apenas uma hora de aula, já é possível queimar quase mil calorias.

Jiu Jitsu
Já o Jiu Jitsu, não é muito praticado por mulheres, já que para tanto, é necessário manter as unhas curtas e tem muito contato físico. Mais indicado para quem procura técnicas de defesa pessoal, esta arte marcial define bastante o corpo, e assim como o Muay Thai, em uma aula de uma hora, é possível queimar até mil calorias também.

MMA
Popularmente conhecido por ser praticado pelo campeão brasileiro Anderson Silva, há também o MMA. Também se exige contato físico em sua prática e são necessários diversos equipamentos de segurança para evitar acidentes. Nesta arte marcial que é praticada não só em pé, mas também no chão, também é possível queimar em uma aula quase mil calorias.

Boxe
Já para quem prefere definir os membros superiores, opte pelo boxe. Trabalhando mais os braços, punhos e peito, além de garantir um melhor condicionamento físico, auxilia na capacidade cardiorrespiratória e aumenta a agilidade, força, coordenação motora e equilíbrio. Define bastante o corpo e é indicado para quem sofre de estresse. Durante uma aula de uma hora, é possível queimar até oitocentas calorias.

Não importa qual arte marcial você decida praticar, para aprendê-la, emagrecer e definir a musculatura, é necessária muita determinação e força de vontade. Treinar duas vezes por semana já são suficientes para se obter bons resultados.
Procure bons professores para que se aprenda perfeitamente as técnicas e não se machuque. Além disso, ele pode indicar quais exercícios são melhores para você, dependendo do objetivo que se quer alcançar.

Para que durante a prática destes exercícios, não se sinta “tão pesado”, além de auxiliar no processo de emagrecimento, diminua o consumo de carboidratos (presente no arroz, massas, mel e em batatas, por exemplo), em especial durante a noite. Substitua-os em seu cardápio por saladas e carnes magras. Não se deve eliminar estes alimentos totalmente, porque pode ser prejudicial para o organismo, mas diminuir a quantidade é importante.

Uma dieta equilibrada combinada com prática das artes marciais podem eliminar aproximadamente 3 kg em um período de quinze dias. (Veja com as artes marciais alivia o estresse e ajuda no emagrecimento)


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

2 pensamentos em “Veja como emagrecer e ficar em forma praticando artes marciais

  • Pingback: Lutas para valorizar ainda mais o seu corpo | Saúde em alta

  • Pingback: Lutas para valorizar ainda mais o seu corpo - Como Viver Melhor