Confira 8 alimentos que ajudam a regular o colesterol no organismo 2


alimentos para baixar o colesterolPara que o organismo permaneça em equilíbrio, é necessário que o nível de colesterol HDL e LDL esteja em uma concentração balanceada. Além do estabelecimento de uma prática regular de atividades físicas, a escolha precisa de alguns alimentos também pode ser fundamental para evitar futuros transtornos ocasionados pelo excesso, principalmente, do colesterol LDL.
Então, aproveite para conhecer 8 alimentos que ajudam a regular o colesterol no organismo, e diminua a probabilidade de o corpo desenvolver doenças relacionadas ao coração.

Os peixes
Truta, atum, e salmão são altamente concentrados em ômega-3, dotado de ácidos graxos extremamente benéficos ao organismo. Essa gordura, do tipo insaturada, colabora para a redução dos índices de colesterol total e triglicerídeos. Além disso, ela também evita a formação de coágulos sanguíneos e, consequentemente, a ocorrência de doenças cardiovasculares.

As oleaginosas
Existem vários exemplos de oleaginosas, mas para fixar em duas das principais, basta citar as castanhas e as nozes. Esses alimentos são importantes porque são muito ricos em compostos antioxidantes, essenciais no combate à ação destrutiva dos radicais livres, responsáveis direto pelo envelhecimento celular e pela origem de diversos tipos de câncer.

A aveia ((Conheça os benefícios e características da saborosa aveia))
Dentre diversos benefícios, a aveia se destaca por conter uma famosa fibra solúvel: a betaglucana. Além de desacelerar o esvaziamento do estômago, ela promove uma saciedade mais plena, dificulta a absorção de colesterol, aperfeiçoa a circulação, regula o índice glicêmico, e aprimora o sistema circulatório.
Em resumo, a aveia deve ser incorporada à dieta porque reduz a porcentagem de colesterol total, ao mesmo tempo em que eleva a concentração do colesterol HDL.

O azeite ((Conheça 6 fatos verdadeiros sobre o azeite))
Além de ser rico em vitamina E, um poderoso nutriente antioxidante, o azeite também merece atenção pela presença do ácido carboxílico oleico, que ajuda a impedir que o colesterol atinja níveis muito elevados. Por fim, cabe citar que o azeite também melhora o funcionamento do sistema circulatório e é útil quanto ao controle do diabetes tipo 2.

O chocolate amargo ((Chocolate amargo: Benefícios dessa delícia))
Quando amargo e consumido moderadamente, o chocolate também é um grande aliado da boa saúde. Ele contém flavonoides, importantes substâncias antioxidantes que mantém as taxas de colesterol LDL sob controle.
Para não exagerar na dose, os nutricionistas recomendam a ingestão de até 30 g todos os dias, o equivalente a um tablete de um barra do alimento. Qualquer porção acima disso, por mais que o chocolate amargo seja benéfico, apenas atrapalhará o bom funcionamento do organismo.

A alcachofra
No caso da alcachofra, ela proporciona uma forte redução dos índices de triglicérides e colesterol devido à característica contida por suas fibras, muito resistentes às enzimas. Por conta disso, muitos nutricionistas a tem recomendado como um grande reforço para a dieta, principalmente pelo fato de a alcachofra contribuir para a decomposição das moléculas de gordura e gestão das taxas de colesterol.

O vinho
Além de ser outro grande aliado na batalha contra o excesso de colesterol “ruim” (LDL) na corrente sanguínea, o vinho ainda amplia a quantidade de HDL em até 12%, total muito similar ao propiciado pela prática regular de atividades físicas.
Grande parte do sucesso do vinho se deve aos antioxidantes flavonoides, que evitam a formação de coágulos de sangue, e dilatam os vasos sanguíneos.
Contudo, é bom manter-se atento à quantidade de consumo, que não deve ultrapassar duas doses em um único dia.

O açaí ((Conheça o Açaí Berry))
Adorado por muitos em qualquer época do ano, o consumo de açaí é redobrado nos períodos mais quentes do ano, uma vez que se trata de uma alimentação muito nutritiva e refrescante. E mesmo que a bela refeição composta pelo açaí seja dotada, em grande parte, por gorduras, elas são poli-insaturadas — em menor escala –, e monoinsaturadas, que correspondem a cerca de 60% do total. Essas gorduras são benéficas porque promovem o equilíbrio da quantidade total de gorduras, ou seja, minimizam a concentração do colesterol LDL e ampliam a de HDL.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

2 pensamentos em “Confira 8 alimentos que ajudam a regular o colesterol no organismo