Chá de Quixaba para Cisto no Ovário realmente funciona?

Você já ouviu falar de chá de quixaba para cisto no ovário e está em dúvida se realmente tem efeito?

Então, esse chá se tornou conhecido por auxiliar no tratamento de inflamações no útero, como corrimentos e cistos no ovário.

No entanto, se você foi diagnosticada com cisto no ovário, a primeira coisa a fazer é procurar seu médico e até perguntar se não tem problema tomar o chá de quixaba.

Mesmo assim, vamos tirar aqui algumas dúvidas, como os benefícios do chá de quixaba, como preparar e a quantidade indicada.

O que é quixaba?

Quixaba pertence à família das Sapotáceas, também conhecida por espinheiro, sapotiaba e quixaba-preta, podendo chegar até 15 metros de altura.

É uma árvore nativa da região semiárida, muito utilizada na medicina popular.

A parte utilizada para fazer o chá de quixaba é a casca, pois nela é que estão suas propriedades terapêuticas.

Chá de quixaba para cisto no ovário funciona?

Sim, por conta de suas propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antioxidantes e cicatrizantes, o chá de quixaba para cisto no ovário funciona, assim como ajuda a tratar outras inflamações uterinas.

Também serve para tratar corrimentos vaginais, problemas renais, como pedras nos rins, e dor na coluna.

Lembrando mais uma vez: esse produto não é um medicamento, logo, não substitui o tratamento médico, por isso, não deixe de visitar seu médico.

Como preparar o Chá de quixaba?

Em primeiro lugar, o chá de quixaba é feito a partir da casca da planta.

Para você preparar a bebida, você vai precisar ferver 1 litro de água com 2 colheres de sopa da casca.

Em seguida, deixe em infusão por cerca de 10 minutos e depois pode tomar.

Quanto à quantidade, recomenda-se tomar de duas a três xícaras por dia, e nada além disso, para não causar efeitos colaterais, como a queda de pressão arterial.

Quem não pode tomar o Chá?

Se você tem problemas de hipoglicemia, é contraindicado tomar o chá de quixaba, pois o chá de quixaba para cisto no ovário faz baixar os níveis de açúcar no sangue.

Além disso, gestantes, lactantes, crianças e pessoas dependentes de insulina não podem tomar o chá de quixaba.

Embora seja um produto natural, convém consultar seu médico antes de tomar o chá, para garantir que não prejudique a sua saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *