O que faz um médico angiologista?

A angiologia é uma das áreas da medicina que mais cresceu nos últimos anos. Antigamente um médico angiologista e um cirurgião vascular realizavam a mesma função, porém o conselho de medicina dividiu essa função em duas especialidades distintas, mas que trabalham juntos para conseguir bons resultados. Você sabe o que faz um médico angiologista? Leia nosso artigo e saiba mais.

Até o ano de 2006 a função de médico angiologista e cirurgião vascular eram a mesma. Eles identificavam doenças e problemas em veias e artérias, além de passar prognósticos e determinar quais tratamentos e cirurgias deveriam ser realizadas e até mesmo realizavam tais cirurgias. Mas, em 2006, o Conselho de Medicina decidiu por meio da resolução CFM Nº 1.763/05 dividir as tarefas e passaram a existir duas funções: o médico Angiologista e o Cirurgião Vascular.

Mesmo essa mudança tendo sido antiga, em 2006, ainda existe muita gente que confunde as duas funções e quais as atribuições de cada um! Mas vamos esclarecer as suas dúvidas sobre o que faz um médico angiologista nos próximos parágrafos!

Atribuições antes da Mudança

Antes do conselho decidir sobre a separação da função de “médico angiologista e cirurgião vascular” ,essa área da medicina estudava e cuidava de todas as partes do sistema circulatório, que é composto por veias, vasos sanguíneos, artérias e vasos linfáticos.

Esse profissional buscava sempre cuidar de pacientes que sofriam com problemas circulatórios, varizes (colocar link para texto de varizes de grávida?) e todas as outras doenças que estão relacionadas com o sistema circulatório como um todo.

A função do médico angiologista foi criada em 2006 devido a necessidade de se aprofundar mais na especialidade e na área do sistema circulatório, sendo necessário criar uma divisão entre o cirurgião vascular e o angiologista. Desta forma, em 2006 foi feita a separação e criou-se duas novas especialidades. Possibilitando assim uma maior dedicação dos profissionais da área em solucionar os desafios da profissão e da condição de cada paciente.

Muitos especialistas estão aptos para atuarem nas duas áreas, atuando como angiologista, detectando e tratando as doenças do sistema circulatório e também como cirurgião vascular, realizando procedimentos cirúrgicos para pacientes com quadro avançado ou em casos que o tratamento não cirúrgico não surtiu efeito.

Médico Angiologista

Feito essa divisão, cada especialidade ficou com sua parte na identificação das principais doenças do sistema circulatório como: Micro Vasinhos, vasos, varizes, porém também é de sua responsabilidade casos como: trombose venosa, AVC (Acidente Vascular Cerebral), lesões das artérias carótidas, síndrome de Raynaud, arteriosclerose, fístulas arteriovenosas, neuropatía diabética.

Dentre as funções do médico angiologista, podemos citar:

  • identificação de doenças
  • análise de novos sintomas
  • controle de novos sintomas
  • prescrição do melhor tratamento
  • prescrição de medicamentos

Porém a medicina não se baseia somente em problemas que poderão ocorrer e nem sempre é possível uma identificação do problema antes que ele se torne grande demais.Quando o tratamento não surte o efeito esperado, ou quando ocorre um agravamento do caso, ou quando até mesmo o paciente identifica os sintomas de forma tardia e já chega ao consultório com um quadro grave, o angiologista pode indicar uma cirurgia, que pode ser feita por ele mesmo, quando possuir competência para tal, ou encaminhar para um médico cirurgião vascular para a realização desse procedimento.

Em outras palavras, ambos trabalham em conjunto, um determinando as causas, sintomas, doenças e possíveis tratamentos sem a necessidade de cirurgia, e outro cuidando da parte do pré operatório, cirúrgia e pós operatório.

É de extrema importância identificar os principais sintomas de forma precoce, desta maneira o tratamento surte mais efeito, conseguindo taxas de recuperação altíssima, sem a necessidade da realização de cirurgias.

Motivos para buscar um médico angiologista

Abordaremos aqui alguns sintomas que devem ligar o sinal de alerta e te fazer buscar um médico angiologista o mais rápido possível.

  • Dor e inchaço local
  • Pernas pesadas
  • Local com alteração de temperatura
  • Dormência em local próximo a dor
  • Formigamento da área específica
  • Fortes câimbras
  • Fadiga dos membros inferiores
  • Locomoção alterada
  • Coceira
  • Veias em diversas colorações, (azuis e esverdeadas)
  • Pernas com queimação dos pés até a região das coxas.

Caso esteja sentindo algum ou alguns desses sintomas o indicado é procurar um médico angiologista que certamente fará um tratamento de varizes, identificando e prescrevendo um tratamento eficaz.

Uma consulta com o médico angiologista de forma precoce pode prevenir diversas doenças do sistema vascular, como por exemplo: prevenir o AVC, identificar doenças vasculares, orientar e diminuir as complicações vasculares em diabetes, prevenção e tratamento de trombose, prevenção de doenças das artérias (Arteriosclerose), e tratamento de varizes.

Sendo assim, sempre que possível faça uma consulta e realize um check up de todo o sistema circulatório.

Atendimento de um Médico Angiologista

O médico especialista em angiologia, pode atuar nas mais diversas áreas do sistema circulatório, como também atender em diversas frentes, como: atendimento no SUS, atendimento no setor privado e também atendimento em consultórios particulares.

Nosso artigo de hoje mostrou o que faz um médico angiologista, como ficou a divisão feita em 2006 pelo Conselho de Medicina e também abordou  quais são suas atribuições, principais doenças que trata, e ainda qual é a área de atendimento desses profissionais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *