Seu treino já está te dando sono? Saiba como turbinar o ritmo do treino!

Você já passou alguns meses fazendo treinos básicos e está pronto para alcançar outro nível de condicionamento? O seu treino já está te dando sono? É hora de turbinar sua escala de treino, veja nossas dicas e saiba como turbinar o ritmo do treino!

Trata-se de um material desenvolvido para aqueles que querem dedicar alguns momentos a mais para a atividade física. O objetivo é aumentar os resultados com bastante animação.

Mesmo que alguns dias não seja possível seguir a escala proposta, vale a pena se manter constante o máximo possível. Assim os objetivos não se tornarão distantes.

Como turbinar o ritmo do treino?

Conheça uma escala semanal que vai turbinar o seu ritmo! Primeiro vamos conhecer os exercícios que farão parte da nossa escala:

Musculação (M)

O mais conhecido dos esportes de academia, e também o mais praticado. Baseado em treino neuromuscular, a musculação provoca um aumento de massa magra corporal, sendo um exercício base para a prática de todos os esportes. Em todas as atividades físicas precisamos ter nossos músculos e articulações firmes, para que tenhamos resultados melhores com menor risco de lesão. A musculação garante isso.

Dança ou Luta (DL)

A dança e a luta são bons exemplos de treinos aeróbicos de alto nível. Cada uma das aulas garante uma perda de pelo menos 600 calorias or aula, podendo chegar a mil calorias em caso de praticantes mais experientes.

Normalmente se pensa que a dança e a luta são direcionadas às mulheres e aos homens, respectivamente. Mas essa regra tem mudado, principalmente com o ingresso do mundo feminino nas várias modalidades de artes marciais.

O exemplo mais badalado de exercício de dança é a Zumba. Por sua vez, a luta mais procurada nos últimos tempos é o Muay Tai.

O que é que a dança e a luta têm de vantagem com relação a outros exercícios aeróbico? Elas garantem mais socialização, mais diversão e o principal: são desafiadores! A cada aula novos movimentos são assimilados. A destreza e a concentração são muito mais trabalhadas do que nas tradicionais aulas de spinning, por exemplo.

Hidroginástica ou natação (HN)

A hidroginástica e a natação são esportes interessantes pelo fato da água ser um redutor de impacto para o nosso corpo. Eles absorvem as forças de tração e compressão que são originadas de nossos movimentos, e garantem treinos intensos com menor sobrecarga.

O ideal é levar para piscina treinos de recuperação, que são aqueles realizados com menos intensidade. A água relaxa a mente, ativa a circulação e ajuda na recuperação de músculos e articulações.

Treino funcional ou corrida (FC) 

São dois exemplos de treinos que trabalham ritmos mais intensos de reposta cardiorespiratória. O ganho de condicionamento físico e a perda de peso são resultados alcançados rapidamente com a prática dessas atividades.

Nossa escala de treino:

A musculação é para todos. No mais, os outros exercícios devem ser selecionados conforme as preferências pessoais. Lembre-se de guardar um dia para o repouso. Nosso corpo precisa dele para reparar os pequenos danos provocados pela atividade semanal.

A escala é a seguinte:

SegundaTerçaQuartaQuintaSextaSábadoDomingo
M + DLM + FCM + HNM + DLM + HNFCREPOUSO

Legenda: (M = Musculação) – (DL=Dança ou Luta) – (HN = Hidroginástica ou Natação) (FC = Treino funcional ou corrida)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *