Saiba sobre os tipos, os sintomas e as formas de tratamento da sinusite


Se você sofre de congestão nasal, pressão facial, tosse e secreção nasal densa, há uma boa chance de você ter sinusite, uma condição causada por infecção ou inflamação que afeta os seios nasais.

O que são os seios nasais?

Os seios nasais são espaços ocos em torno da região do nariz que se conectam com o mesmo através de estreitos canais. Esses espaços são saudáveis quando estão abertos, permitindo que o ar transite entre os canais assim como o muco nasal. Quando algo bloqueia essa passagem, uma infecção pode ocorrer.

O que é então, a sinusite?

Sinusite: inflamação dos seios nasaisA sinusite, também chamada de rinossinusite ocorre geralmente quando vírus ou bactérias contaminam os seios nasais. Normalmente, o problema ocorre durante um resfriado.

A reação natural do corpo a essa contaminação faz com que o revestimento dos seios nasais inchem, bloqueando os canais que drenam os mesmos. Isso acaba entupindo, de muco e pus, as cavidades próximas ao nariz.

Tipos de sinusite

Sinusite aguda

A sinusite aguda se caracteriza se os sintomas durarem por menos de 4 semanas, geralmente é provocada por vírus. A maiorias dos casos se iniciam com um simples resfriado, sendo que os sintomas não costumam durar mais que 10 dias. O problema pode ser motivado por bactérias caso os sintomas permaneçam por mais de duas semanas.

Sinusite crônica

A sinusite crônica é caracterizada quando os sintomas duram 12 semanas ou mais, geralmente causada por uma inflamação prolongada, diferente de uma infecção de longa data.

Pessoas que sofrem de rinite alérgica ou asma são mais propensas a sinusite crônica. Isso ocorre porque as vias áreas (nariz, seios nasais, boca, laringe e faringe) tendem a inflamar quando a rinite alérgica ou a asma estão presentes.

A sinusite também pode ser causada por fungos, desvio do septo nasal, pólipos nasais (tecidos inflamados na mucosa) e em raríssimos casos por problemas no sistema imunológico.

Sintomas

Os sintomas da sinusite, seja aguda ou crônica, normalmente se desenvolvem após um resfriado ou durante períodos de rinite alérgica. O sinal mais característico é uma pressão bastante incômoda nas bochechas e na testa. Outros sintomas incluem:

  • Densa secreção nasal verde-amarelo
  • Tosse
  • Congestionamento nasal
  • Dor de dente
  • Febre

Diagnóstico

O diagnóstico deve ser realizado por um otorrinolaringologista. O profissional irá observar os sintomas e palpar os seios nasais a fim de verificar a sensibilidade da região. No entanto, há outros exames que podem ser requeridos:

  • Teste de alergia
  • Ressonância magnética ou tomografia computadorizada
  • Rinoscopia ou endoscopia nasal
  • Colheita de secreções nasais

Consulte o seu médico o quanto antes se tiver:

  • Febre
  • Dor ou inchaço na face ou olhos
  • Vermelhidão no rosto ou ao redor dos olhos
  • Dores de cabeça
  • Torcicolo

Tratamentos da sinusite

O tratamento depende das causas, da gravidade e da duração dos sintomas.

Tratamentos da sinusite aguda

Cerca de 70% das pessoas com sinusite aguda se recuperam sem a necessidade de qualquer medicação prescrita. Se a causa for infecção bacteriana, os antibióticos irão reduzir a duração e a gravidade dos problemas. Outras opções de tratamento incluem:

  • Descongestionantes ou sprays nasais;
  • Solução salina (1 colher de chá de bicarbonato de sódio, 2 colheres de chá de sal marinho e 250 mililitros de água fervida);
  • Repousar o máximo que puder mantendo o corpo hidratado, bebendo vários copos de água por dia;
  • Utilização de medicamentos sem prescrição, como Aspirina, Paracetamol e Tylenol (Não de aspirinas para crianças com menos de 12 anos)

Tratamentos da sinusite crônica

A sinusite crônica geralmente não é causada por infecção bacteriana, por isso os antibióticos não costumam ter efeito. O ideal é que você evite os lugares que podem agravar os sintomas, principalmente se ele forem derivados de uma alergia.

Sprays de corticoides nasais podem funcionar, mas use apenas sob orientação médica. Se o diagnóstico indica fungos como causa, o médico irá lhe receitar um medicamento antifúngico. Se a causa for alérgica, você será orientado a evitar o contato com o agente desencadeador da alergia ou será tratado com medicamentos específicos.

Quando os tratamentos ou medicamentos não funcionam, a cirurgia endoscópica pode ser uma opção. É importante ressaltar que você deve analisar muitos fatores da sua condição antes de decidir pela cirurgia. No caso de crianças, o procedimento deve ser somente em últimos casos.

Leia também:
Principais tipos de dor de garganta e receita caseira para aliviar!
Veja O QUE SÃO e como TRATAR AS ALERGIAS
Veja 7 alimentos que ajudam a reduzir os sintomas de doenças causadas por vírus
4 dicas para diminuir os sintomas da gripe
Porque o nariz escorre quando esfria


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário