Reeducação alimentar para emagrecer


A reeducação alimentar é sua aliada para se emagrecer com saúde, entenda o que é e como funciona.

Reeducação alimentar para emagrecer– Segundo a definição do dicionário: Reeducação – “Subst. Fem. Ato de educar novamente”; – Alimentar – “Adj. Relativo a alimento”;

Conhecendo um pouco mais
Entendemos que reeducação alimentar consiste em “reaprender a se alimentar” e nada mais que isso, simples não? Quando você é criança seus pais te ensinaram que era importante tomar café da manhã, almoçar, lanchar e jantar e através do tempo você percebeu os alimentos indicados para cada uma dessas refeições. Os anos se passaram e você se tornou independente em suas escolhas alimentares e por consequência acabou tendo uma reeducação alimentar, passou a utilizar alimentos pouco ou nada nutritivos ou saudáveis, deixando de lado o que aprendeu com a família.

Em algum momento da vida tentará mudar novamente seus hábitos alimentares, só que dessa vez para um patamar ainda melhor do que aquele primeiro que foi aprendido durante a infância. O processo de reeducação acontece durante toda nossa vida embora não estejamos conscientes da existência de tal mudança.

Primeiros passos
A famosa reeducação, que tanto lemos e ouvimos falar hoje em dia é o processo de aprender a se alimentar de forma saudável, e que proporcione aumento e ou melhora da saúde, trazendo uma melhor qualidade de vida.

A reeducação alimentar é utilizada para aqueles que querem emagrecer, manter o peso ou simplesmente para aqueles que querem se alimentar melhor. Para conseguir os efeitos desejados é necessário ter disciplina, são necessárias mudanças nos hábitos alimentares desde o acordar até o dormir, trocar determinados alimentos por outros de valor nutricionais mais abrangentes. Não é um processo simples! Para que no futuro não aconteça a frustração e a desistência é necessário mais do que mudar alimentos é preciso mudar a mentalidade.

Como mudar a minha mentalidade?
A resposta é…: Através do autoconhecimento. Se você conhece a si mesmo será capaz de identificar todos os fatores que irão ajudar ou sabotar a sua nova educação alimentar. É importante se conscientizar de que mudanças muito drásticas podem apenas nos prejudicar e frustrar no futuro; É natural que muitos que mudem suas atitudes drasticamente da noite para o dia consigam resultados excelentes, embora nem todos esses resultados sejam permanentes, além do mais, nem todos são iguais, e para algumas pessoas será mais simples se adaptar aos poucos e tornar aquele novo hábito permanente. Então, o ideal é começar com mudanças gradativas para assegurar que o processo como um todo funcionará. A adaptação à nova rotina alimentar deverá ser progressiva dando tempo ao seu organismo e sua mente para se adaptarem.

Sugestão
Comece mudando o café da manhã, mantenha as outras refeições normais, depois de uma semana mude o almoço e assim por diante. Seguindo este método a chance de autocontrole no futuro crescerá muito já que você não foi levado de repente, do seu modo de vida para outro totalmente diferente do que está acostumado. Vale lembrar que isto não é regra aplicável a todos, mas para aqueles que encontram dificuldades para aderir a mudanças esta é uma opção muito útil.

Objetivo final
Se o objetivo principal da reeducação alimentar for o emagrecimento, tenha em mente que esse processo será mais lento, porém certamente você terá resultados melhores e mais duradouros para se orgulhar e ficar bem consigo mesmo por tudo que fez, além disso, irá melhorar sua saúde de modo geral.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário