Você sabe quais as profissões que mais engordam?


Muitas pessoas iniciam dietas e não conseguem obter bons resultados, mas o segredo pode estar correlacionado à profissão exercida. Para comprovar que a atividade desenvolvida ao longo do dia pode comprometer os resultados mesmo de uma dieta balanceada, pesquisadores estadunidenses elaboraram um estudo sobre o tema e apresentaram uma lista com as profissões que mais atrapalham a busca do equilíbrio corporal.

Segundo os cientistas, as profissões que mais engordam são: enfermeiros, engenheiros, assistentes administrativos e professores.

Profissões que mais engordamAlguns dados da pesquisa
Para assegurar a fidelidade dos resultados, os estudiosos tiveram à sua disposição cerca de 3.500 voluntários que exerciam as mais diversas profissões. Estes tiveram que responder a um extenso questionário, relatando características sobre o estilo de vida que levam e a profissão seguida. Organizando todas as respostas, a pesquisa constatou que mais da metade dos participantes admite apresentar um peso acima das condições ideais e quase a metade, 40%, aproximadamente, afirma ter percebido acúmulo de peso desde que começou a desenvolver a profissão atual.

Na hora de responder sobre as possíveis causas que teriam contribuído para o ganho de peso, 56% dos entrevistados disseram que o sedentarismo é a principal delas. Outros 17% disseram que não se alimentam, corretamente, ou seja, em intervalos regulares de 3 horas devido à escassez de tempo e 35% informaram que acabam exagerando na comida por conta dos altos índices de estresse diário.

Algumas providências que podem ser tomadas
Mesmo que você tenha uma profissão que não ajuda em nada à manutenção de uma massa corporal próxima do ideal, alguns detalhes podem ajudar a, ao menos, minimizar todo esse transtorno cotidiano.
O primeiro passo é focar no que está sendo ingerido. Se não há tempo para comer, quando for realizar uma refeição o faça dando preferência a alimentos naturais. Isso significa que os produtos industrializados não devem compor a dieta. Cuidado com excesso de refrigerantes. Quando sair para comer, peça sucos naturais e evite ao máximo tomar sucos prontos armazenados em latas ou caixas. Ao longo do dia, consuma frutas variadas. Isso ajuda a variar não apenas os sabores, mas, substancialmente, a quantidade de nutrientes que serão absorvidos pelo organismo. E isso pode fazer uma enorme diferença quanto ao equilíbrio corporal.
Antes de sair de casa, o recomendável é dar atenção ao café da manhã, que deve ser robusto.

Pesquisadores da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, comprovaram que um café da manhã com altas doses proteicas é muito benéfico ao organismo. Assim, você pode montar o seu café da manhã adicionando queijo cottage e ovos em porções de, aproximadamente, 35 gramas. Isso fortalecerá o corpo por algumas horas, gerando um aumento dos níveis de saciedade. O restante dos nutrientes necessários a um organismo saudável, naturalmente, devem ser acrescentados ao longo do dia. Por isso a importância em se alternar as cores das frutas que serão consumidas.

No mais, é importante priorizar a ingestão de alimentos que contenham alta concentração de Ômega-9, como açaí, abacate e castanhas.
Além da alimentação saudável e regular, existe outro problema que deve ser solucionado: o estresse. Este infortúnio pode ultrapassar a barreira da irritabilidade e proporcionar complicações internas sérias. Quanto maior for o estresse, maior será a produção do cortisol. Este hormônio, por sua vez, levará o corpo a iniciar um processo de retenção de gordura localizada na região abdominal. Uma forma natural de se lidar com o distúrbio é incluir na dieta o abacate e as castanhas. Também auxiliam no controle do estresse o consumo de alguns chás ansiolíticos, tais como o tradicional de erva-cidreira e maracujá.

E, por último, mas, igualmente importante, não deixe de se movimentar. Por mais que, na maior parte do tempo, você esteja circunscrito a uma mesa de escritório, é importante pensar em todas as possibilidades de se levantar para realizar alguma atividade, por mais simples que pareça. Desse modo, demonstre disposição subir escadas ou rampas e se morar perto, experimente ir a pé para o trabalho. Neste caso, saia mais cedo para andar em um ritmo que seja confortável para você. Vale frisar que esses pequenos exercícios devem ser complementados aos finais de semana através de atividades regulares.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário