Como perder peso na gravidez sem prejudicar a saúde do bebê

A primeira coisa que deve ser dita ao iniciar uma matéria que trata de como perder peso na gravidez é a seguinte: tenha bom senso ao iniciar qualquer regime quando estiver grávida.

O ganho de peso é natural durante essa fase tão importante da vida. Além disso, a saúde do bebê deve ser tratada com muito cuidado, e dietas irresponsáveis podem comprometer o futuro da vida que está crescendo dentro do seu ventre. Por isso, antes de tratarmos das dicas sobre o emagrecimento, devemos abordar o que se espera de uma gravidez normal em termos de ganhos de peso.

Ganho de peso na gravidez – progressão mês a mês.

Perder peso na gravidezNormalmente, uma mulher ganha entre 11 e 15 quilos durante os nove meses de gravidez. Os quilos acumulados em cada mês variam de mulher para mulher, mas normalmente segue uma regra de progressão básica, que é a seguinte:

Primeiro trimestre: dois quilos de ganho até o final do terceiro mês.
Segundo trimestre: ganho de 500 gramas por semana.
Terceiro semestre: ganho de 500 gramas por semana. Uma observação, porém, precisa ser feita: é comum que no último mês o ganho seja de um quilo por semana, em virtude do acúmulo de líquido.

As dietas de emagrecimento voltadas para as grávidas só são indicadas quando essa margem de ganho comum, é superada. Aí sim poderemos falar de uma perda de peso na gravidez que não prejudica a saúde do bebê, pois o ganho de massa não está relacionado com o desenvolvimento fetal. Pelo contrário: nesses casos é a mãe que está acumulando líquido e gordura indevidamente.

Atenção: o excesso de peso durante a gravidez é um fator de risco para a diabetes gestacional e a hipertensão arterial, podendo causar prejuízos para a mãe e para o bebê.

Alimentos que ajudam a perder peso na gravidez.

  • A carne de peru é considerada a mais magra que existe. Ela garante grande absorção de proteínas sem que para isso haja formação de gordura corporal.
  • A maçã é a fruta que deve acompanhar toda a gestação. Em primeiro lugar, ela possui baixa caloria. Depois, a maçã é rica em fibras, estimulando o funcionamento intestinal.
  • O iogurte natural é mais um alimento que deve ser tomado diariamente. Ele costuma ser rico em proteínas, cálcio e outros nutrientes importantes para o controle do peso. Evite iogurtes com muito corante e açúcar, pois eles possuem efeito oposto, ajudando no ganho de peso.
  • O feijão também deve fazer parte do cardápio diário das grávidas. Ele dá saciedade, e evita que as gestantes se entreguem aos exageros alimentares. Outro benefício é o seu alto teor de ferro, que previne a anemia, situação que pode se fazer presente na gravidez.

Alimentos que devem ser evitados para perder peso na gravidez

  • Queijos de casca branca (a exemplo do brie e do camembert) e com fungos (como o gorgonzola), assim como carnes malpassadas ou cruas. Esses alimentos podem trazer quantidades elevadas de bactérias causadoras de Listeriose, uma intoxicação alimentar que pode trazer prejuízos ao feto.
  • Bebidas alcoólicas devem ser evitadas completamente, para evitar desidratações e nem intoxicações alcoólicas diretamente ao bebê.
  • Bebidas com cafeína também devem ser evitadas, pois provocam repercussões negativas no sistema circulatório da gestante.
  • Existe uma cultura gestacional que permite à grávida sentar diante de uma pilha de lanches e doces, para comer tudo o que consegue. É indicado evitar alimentos gordurosos, salgados ou doces demais. Além de se evitar os prejuízos advindos deles, a gestante deixa de se alimentar de algo que possui poucos nutrientes.

É possível fazer exercício físico para perder peso na gravidez?

O controle do peso na gravidez pode ser alcançado com a prática de exercício físico. A atividade física, se bem prescrita, garante uma perda de peso sem comprometer a saúde do bebê.
Perder peso na gravidez apenas com controle da alimentação é muito difícil. Movimentar o corpo deve ser uma tarefa contínua na rotina das grávidas.
A atividade física durante o período gestacional não produz benefícios apenas nessa fase. Uma vantagem que precisa ser enfatizada é que uma grávida que pratica exercícios retornará mais rápido à rotina de vida do que aquelas que ficam sedentárias. Normalmente, as grávidas fitness também retornam mais rapidamente ao seu peso original.

De qualquer forma, quem carrega um bebê em seu ventre deve se cuidar quando o assunto é atividade física. Não é adequado fazer exercícios sem o acompanhamento de profissionais especializados. Além disso, as atividades mais coerentes com a gravidez são aquelas mais leves, como caminhadas, ioga e hidroginástica.

Atenção, grávidas!
Caso esteja se achando com excesso de peso, não entre imediatamente em um esquema de dieta. Consulte a sua obstetra e defina com ela como será feito o controle do peso. Como vimos, perder peso na gravidez pode ser indicado, mas a saúde do bebê deverá sempre estar em primeiro lugar.

Ver também:
Veja nossas dicas para uma alimentação saudável durante a gravidez
8 passos para fazer a dieta pós-parto
Guia da Gravidez – Alimentação, Exercícios e Dores
Mitos e verdades da gravidez: especialistas respondem dúvidas frequentes

Deixe seu comentário

  1. Pingback: Perder peso na gravidez de maneira saudável – Dicas de Emagrecimento | Saúde em alta

  2. Canela? Existem estudos que comprovam que a canela é abortivo, o gengibre também deve ser evitado na gestação. Corrijam isso!

  3. Pingback: Exame de ecografia, o que é exame e quando deve ser realizado

  4. Pingback: Amamentação: Saúde da criança - Como Viver Melhor