Saiba mais sobre a lipoescultura ou lipoaspiração


Lipoescultura ou lipoaspiraçãoA lipoaspiração, também chamada de lipoescultura, já bem conhecida; Remodela as áreas do corpo, remove o excesso de gordura e melhora os contornos do corpo, a fim de deixá-lo proporcional.
Atualmente, a lipoescultura é a campeã das cirurgias plásticas no Brasil, vem sendo realizada por aqui a mais de 30 anos. Com a busca do corpo perfeito, ela vem conquistando cada vez mais adeptos, com preços variados, tornando a mesma acessível a pessoas com pouca renda. As formas de pagamento e o número de parcelas a pagar também são variadas.

A clínica
Tendo em vista a competitividade no ramo da cirurgia plástica, especificamente na  lipoescultura, o fator colaborou para que várias clínicas fossem abertas oferecendo o serviço, porém, algumas sem muita qualidade, sendo verificado muitas vezes, clínicas em situações precárias, sem a mínima condição para realização do procedimento cirúrgico. Por isso, quem decide realizar uma lipoaspiração, deve estar atento à clinica que vai escolher. Segundo o Dr. Dráuzio Varella, a lipoaspiração em regra é simples, mas como toda cirurgia também necessita de cuidados.

A técnica
A  lipoaspiração é uma técnica para retirar o excesso de gordura localizada por meio de sucção feita com uma fina cânula introduzida na camada subcutânea gordurosa. Essa cânula é ligada a um aparelho que suga de maneira controlada o tecido adiposo. Antes de iniciar o procedimento, é preciso que a região que será operada seja infiltrada com uma solução de soro fisiológico e substâncias vasoativas que têm a finalidade de promover a vasoconstricção no local, visando diminuir a perda sanguínea e promover a retirada mais fácil da gordura.

Os cuidados
Como de regra, toda e qualquer cirurgia precisa de cuidados pré e pós cirúrgicos, com a lipoescultura não é diferente. O paciente deve agendar uma consulta para o pré- operatório, realizar alguns exames antes para constatar que está tudo bem com a sua saúde. Os exames normalmente são: o hemograma, coagulograma e avaliação cardiológica.  Estes exames vão verificar a existência ou não, de doenças ou situações que impeçam o procedimento, como gripe, alergias, infecções, hipertensão ou problemas cardíacos. Além disso, pessoas que se encontrem acima do peso e apresentem excesso de gordura não devem ser submetidas ao processo, assim como pacientes com mais de sessenta anos de idade, pois a idade avançada traz perda da elasticidade da pele, o que facilita a entrada da cânula e pode resultar em perfuração de algum órgão, sem contar que a retirada da gordura vai deixar o corpo mais flácido.

A recuperação
Não há como estipular um tempo preciso ou determinado para a realização do procedimento. Pois, a duração da lipoescultura varia de acordo com as áreas a serem tratadas, a habilidade técnica da equipe médica e o grau de dificuldade próprio de cada paciente.  Vale ressaltar, que procedimentos cirúrgicos muito longos, comprometem e colocam o paciente a um grau de risco maior.

Os Resultados
Para quem tem pressa e espera sair da sala da cirurgia com a silhueta enxuta, uma noticia ruim é que não existe procedimento cirúrgico estético imediato, incluindo a lipoescultura. Após a lipoaspiração, a região operada tende a ficar inchada. Para ver o resultado, é preciso esperar a situação da região melhorar. Em regra, normalmente após o 2º ou 3º mês de pós-operatório, observa-se uma sensível redução do edema e, consequentemente, dá para ter uma ideia do resultado. Entretanto, o resultado definitivo se evidencia apenas seis meses após a cirurgia. A recuperação em regra, é igual a outras cirurgias que requer incisões mínimas, para inserir a cânula são realizados pequenos pontos, de aproximadamente um centímetro e , o que facilita a recuperação. São recomendados tratamentos fisioterápicos complementares no pós- operatório, com massagens linfáticas, a fim de minimizar os efeitos do edema e favorecer a cicatrização da região operada. Especialistas indicam o uso de cintas modeladoras por, no mínimo, um mês, para manter a firmeza á pele entre aqueles que exigem um corpo mais esguio.

O que não é
Por fim, vale lembrar, que a lipoescultura não é um método de emagrecimento, é apenas um procedimento para tratamento de áreas de depósito de gordura que sejam resistentes e tratamentos prévios de redução de peso e atividades físicas.

Referência: VARELLA, Dráuzio. Lipoaspiração: os riscos por trás da silhueta perfeita.  http://drauziovarella.com.br/

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário