A lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade


A lipoaspiração é um dos procedimentos cirúrgicos mais realizados no Brasil e no mundo. Mas ao contrário do que muitas pessoas acreditam, esta cirurgia não é um método de emagrecimento. “A lipoaspiração remodela áreas específicas do corpo, removendo o excesso de gordura, melhorando os contornos e a proporção corporal”. Segundo a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o grande erro das pessoas é procurar a lipoaspiração como um procedimento milagroso acreditando que estará livre da gordura para sempre.

A lipoaspiração não é um tratamento para a obesidade.

Ela serve para eliminar aquele foco de gordura que não sai do corpo por nada, nem com a receita saudável de boa alimentação e muito exercício físico.

Pré cirurgia

Lipoaspiração: Ataque às gorduras insistentesA avaliação, indicação e realização da cirurgia de lipoaspiração devem ser sempre realizadas por um médico cirurgião, em hospitais ou clínicas especializadas muito bem equipadas e o procedimento deve ser acompanhado por uma equipe, com um anestesista presente. Uma boa avaliação clínica e exames prévios que são exigidos para qualquer outro tipo de cirurgia também são fundamentais no caso de lipoaspiração.

Considerada uma surpresa para muitos pacientes que vão se submeter ao procedimento é a perda de peso antes da cirurgia. A necessidade se dá uma vez que obtêm-se melhores resultados quando há uma quantidade menor de gordura a ser aspirada.

Pacientes que estão muito acima do peso ou mesmo obesas dificilmente terão resultados satisfatórios com a lipoaspiração. Existe uma taxa limite, de até 7% do peso corporal a ser extraído. Trata-se de uma margem de segurança para a saúde do paciente, uma vez que junto da gordura são retirados sangue e sais minerais. Além disso, é necessário atentar-se à harmonia corporal. Pessoas com excesso de peso que se submetem à lipoaspiração costumam apresentar desproporcionalidade, com uma barriga lisa destoando do restante do corpo.

Procedimentos

O procedimento da lipoaspiração consiste na aspiração da gordura dos locais específicos, como culotes, costas, coxas, quadris e abdômen. A cirurgia tradicional é feita de forma manual, na qual o médico insere, através de milimétricos cortes, cânulas ligadas a um equipamento de sucção. O procedimento é realizado através de controlados movimentos de vai e vem, em que o excesso de gordura é deslocado e retirado do corpo do paciente.

A cirurgia pode ter a duração de uma a cinco horas, dependendo da quantidade de áreas e de gordura a ser retirada. As anestesias podem ser locais ou gerais. As cicatrizes geralmente são imperceptíveis, sendo escondidas nos contornos corporais ou por peças íntimas. Ao longo do tempo, quando bem cicatrizadas, se tornam imperceptíveis. O tempo de internação pode chegar a 24h, dependendo da extensão da lipoaspiração.

E depois?

O pós-operatório exige cuidados redobrados. Muitos pacientes assustam-se ao ver manchas roxas e inchaços na região operada, porém eles tendem a desaparecer em, no máximo, um mês. O uso de cintas compressoras é obrigatório, pois auxiliam na retração da pele, na cicatrização e na redução dos inchaços.

A drenagem linfática é recomendada também para o controle do inchaço da região que sofrera a intervenção cirúrgica. O repouso também é bastante indicado. A exposição ao sol deve ser evitada para que a pele não fique com manchas e cicatrizes escuras. Outro ponto de muita atenção no pós-operatório é com a alimentação, que deve ser balanceada. Frutas, verduras e legumes devem estar no cardápio. Alimentos ricos em ferro também são fundamentais porque auxiliam na reposição do sangue perdido.

A alimentação balanceada não deve ser abandonada após o período pós-cirúrgico e, aliada à atividade física, vai contribuir para a manutenção dos resultados da cirurgia. O paciente deve ter consciência de que o sucesso da lipoaspiração depende de sua dedicação, seguindo todas as orientações médicas. O paciente deve introduzir a disciplina em seus hábitos para atingir seus objetivos.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário