Festas de fim de ano: Comer sem engordar


Como comemorar e não engordar nas comemorações e festas de fim de ano?

Festas de fim de anoMuitos adeptos de dietas ficam com certo receio de participar das festividades de fim de ano devido à comida farta que, normalmente, está disponível nessa época. Muita gente até abandona a dieta seguida em todos os dias do ano e come à vontade no mês de dezembro. Na verdade, essa não é a melhor estratégia, uma vez que participar de uma alimentação desregrada no final do ano pode acabar por jogar fora todo um período de disciplina e resultados satisfatórios. Sem contar que basta alguns dias de alimentação irregular para que o organismo se desequilibre.

A seguir, veja algumas dicas e saiba como ir a todas às festas de fim de ano, se divertir e não sair com aquela sensação de ter “comido demais”.

O problema da tradição
No Natal, a tradição manda que a grande ceia deva ser liberada para os convivas a partir da zero hora do dia 25 de dezembro. O problema é que para quem estiver com fome, isso é um tanto quanto incômodo. Mais do que isso, ficar por um tempo muito longo sem comer algo substancial ao organismo faz com que este passe a alocar gordura na região abdominal. Trata-se de um sistema de defesa e sobrevivência adotado pelo corpo, uma vez que este não sabe até que ponto ficará sem glicose. Portanto, nos dias de festas, não abandone o precioso hábito de se alimentar em intervalos regulares de 3 horas. Desse modo, você não chegará à meia noite como se estivesse morrendo de fome.

Substitua os alimentos
Festas de fim de ano é sinônimo de muita carne assada, predominantemente, perus e aves afins. Consuma essas carnes com cautela e jamais ingira a pele – se houver –, pois como dá para se notar, é altamente rica em gordura. Outra dica é evitar carnes que tenham sido temperadas com molho em excesso. Além de tirar um pouco o sabor real da carne, esses molhos também contribuem para o aumento do peso. O ideal é seguir o mesmo raciocínio adotado no decorrer do ano, ou seja, consumir alimentos em sua forma integral, frutas ao invés de doces e sucos naturais em troca de cervejas e refrigerantes. E ainda assim, esse consumo deve ser moderado.

Montando o prato
Segundo os nutricionistas, o recomendável é dar preferência às carnes de lombo, peru e demais aves assadas. Para acompanhar, é liberado o consumo de salpicão, nozes, um arroz natalino e bem colorido, além de uma farofa, desde que esteja light. Na sobremesa, sempre coma frutas, como por exemplo, romãs e uvas.

Cuidado com bebidas alcoólicas
Muitas pessoas se esquecem ou desconhecem o fato de que não basta controlar a alimentação, pois bebidas alcoólicas também engordam. E este efeito não se restringe às batidas preparadas à base de leite condensado. Saiba que drinques simples como a caipirinha engordam devido ao excesso de açúcar. Mas, nem é preciso chegar a tanto, já que singelas doses de vodka pura também podem levar ao ganho de peso, bem como Whisky puro ou acrescido de energético. Completando a lista das bebidas que devem ser evitadas estão: chopp, rum, cerveja e conhaque. Entretanto, isso não significa que você precise passar a virada a seco. É liberado o consumo de saquê, espumante e vinho tinto. O cuidado com o álcool reside na explicação de que este contém mais calorias do que um carboidrato.

Moderação é a palavra chave
Como sempre, o problema nunca foi apenas o que comer, mas sim quando. Por isso, aproveite as festas de fim de ano, mas tenha em mente que, caso siga uma dieta regular durante mais de 360 dias, isso não quer dizer que na última semana todo o esforço deva ser perdido. Conforme dito acima, é, perfeitamente, possível ir às celebrações sem culpa.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário