7 dicas de como emagrecer depois dos 30 anos


como emagrecer depois dos 30 anos

Imagem cortesia de stockimages em FreeDigitalPhotos.net

Será que é possível emagrecer depois dos 30 anos? A resposta é sim. A possibilidade de manter a forma depois dos 30 anos está ao seu alcance, através da sua alimentação.

É disto que vamos falar hoje: como emagrecer depois dos 30 anos fazendo as escolhas certas.

Como emagrecer depois dos 30 anos

Continue lendo para conferir nossas 7 dicas.

Dica 1: Troque os carboidratos simples pelos integrais.

Para manter uma alimentação saudável você precisa de todos os grupos alimentares incluindo os carboidratos.

O segredo de manter a boa forma sem tirar este nutriente da sua dieta é substituir os carboidratos simples pelos integrais.

São nos carboidratos integrais que estão concentradas grandes quantidades de fibras. As fibras serão suas grandes aliadas para manter a saciedade, além de ajudar a manter os níveis de insulina na corrente sanguínea fazendo com que as gorduras não se acumulem.

Inclua mais:

  • Frutas
  • Verduras
  • Legumes
  • Grãos integrais
  • Sementes como chia ou linhaça.

Evite:

  • Bolos;
  • Massas;
  • Pães;
  • Biscoitos a base de farinha branca ou também conhecidos como refinados.

Este tipo de alimento é absorvido mais rapidamente elevando os níveis de insulina e consequentemente a quantidade de gordura corporal também aumenta.

Dica 2: Dê às proteínas o seu devido valor.

As proteínas não podem faltar em uma dieta balanceada, especialmente na dieta de quem quer emagrecer depois dos 30 anos. Isso porque além de fornecer energia, são as proteínas as grandes responsáveis por darem saciedade e ajudarem na construção e reparação muscular.

Quanto mais músculos você tiver melhor será o funcionamento do seu metabolismo e mais gorduras ele irá queimar.

Por este motivo não deixe faltar em seu cardápio alimentos como:

  • Frango sem pele, peixes, carne vermelha sem capa de gordura;
  • Leite e derivados desnatados;
  • Queijos magros como o queijo branco, ricota e cottage.

Dica 3: Consuma boas fontes de gordura:

Não é porque você quer emagrecer depois dos 30 anos que precisa tirar de uma vez por todas as gorduras do cardápio. Apenas faça boas escolhas como incluir as gorduras mono e polinsaturadas em sua alimentação.

prefira as gorduras que são encontradas em alimentos como:

  • Nozes;
  • Castanha-do-pará;
  • Azeite extra virgem;
  • Abacate;
  • Salmão;
  • Atum entre outros.

Dica 4: Diminua a quantidade das suas refeições.

Para emagrecer depois dos 30 anos, diminua as quantidades a serem consumidas e procure fazer 6 refeições diárias de 3 em 3 horas. Esta é uma forma de reduzir o valor calórico da sua alimentação e manter o bom funcionamento do seu metabolismo.

Dica 5: Inclua os exercícios físicos na sua rotina.

Além de ajudarem a promover o seu bem-estar, os exercícios físicos colaboram para melhorar o seu metabolismo, inclusive após os 30 anos em especial os exercícios aeróbicos.

E não precisa investir muito para isso uma caminhada de 30 minutos ao dia já melhora e muito o seu condicionamento físico.

Dica 6: Hidrate-se!

A ingestão de 2 litros de água por dia melhora o funcionamento do seu metabolismo além de prevenir diversos problemas de saúde. Além disso, de nada adianta enriquecer a sua alimentação com fibras e não beber água em quantidade suficiente.

Caso isto aconteça você irá sofrer com a constipação intestinal.

Dica 7: Tenha boas horas de sono.

Dormir bem é importante para o equilíbrio do seu metabolismo. Além disso, quem dorme bem, tem a liberação adequada dos hormônios do bem-estar, como a serotonina.

Isso aumenta o bom humor, a disposição e reduz as chances do ganho de peso.

Viu como é possível emagrecer depois dos 30 anos com pequenas mudanças no seu dia-a-dia? Tem alguma de nossas sugestões que já faz parte da sua rotina? deixe registrado através do seu comentário. Sua participação enriquece o nosso trabalho.

Até o próximo post!


Sobre Michelle Cristina Leite dos Santos

Nutricionista, formada desde 2009 pela Universidade Guarulhos. Atuo como personal diet e como redatora para blogs e sites de nutrição contribuindo assim para proporcionar mais qualidade de vida para as pessoas.

Deixe seu comentário