Quem pode fazer doação de sangue?

A doação de sangue, também conhecida como transfusão sanguínea, é algo muito revolucionário na medicina. Apesar de ser uma prática que começou a ser desenvolvida há mais de 500 anos, só teve sucesso completo no século XX.

Doação de Sangue: um ato para salvar vidas Imagine só, você consegue se ver em um mundo onde não há doação de sangue? Onde mulheres morrem de hemorragia no parto por não ser possível repor o sangue perdido? Pois esse mundo existiu!

Antigamente, os médicos e cientistas ainda não sabiam certas coisas. Eles acreditavam que era possível transferir sangue de animais para o homem, não sabiam que existem pessoas com tipos sanguíneos (A, B, AB e O) e fator Rh (positivo ou negativo) diferentes.

Também nem imaginavam que era possível transmitir doenças através da doação de sangue. E sabiam muito menos como evitar que o sangue coagulasse fora do corpo.

No entanto, a doação de sangue hoje é uma prática bastante evoluída e fundamental para muitos enfermos. Com apenas uma doação é possível salvar a vida de até três pessoas.

Todos os anos, milhões de pessoas no mundo têm uma nova chance de vida, através do recebimento do sangue alheio. É sobre essa prática médica que você irá saber um pouco mais neste texto.

Quem pode fazer doação de sangue

Você se interessou? Sentiu vontade de ser um doador? Então fique atento aos critérios!

Para que alguém possa ser doador, os hemocentros (centros de coleta e armazenamento de sangue) seguem um rigoroso protocolo com normas nacionais e internacionais.

Por isso, para doar sangue, você deve estar em perfeitas condições de saúde: pesar acima de 50 quilos, ter idade entre 16 e 60 anos e ter dormido, no mínimo, seis horas na noite anterior à doação.

Devido ao risco de infecções transmitidas por transfusão, é preciso passar por entrevista e uma bateria de exames até chegar à doação. E nem todos podem doar. Dentre alguns fatores que podem impedir a doação de sangue, podemos citar os seguintes casos:

  • Qualquer um que já tenha feito o uso de drogas injetáveis não prescritas por um médico, como drogas ilegais ou esteroides;
  • Hipertensos e hipotensos;
  • Pessoas com resultado positivo para HIV;
  • Homens e mulheres que tenham se envolvido, sexualmente, por drogas ou dinheiro;
  • Pessoas que tenham ou tiveram hepatite;
  • Pessoas que tenham, ou já tiveram a Doença de Chagas;
  • Quem apresentar anemia;
  • Indivíduo que durante a entrevista disser que suspeita ter algum problema de saúde que o impeça de doar. Mesmo que não seus exames não tenham nenhuma alteração.

Além destes fatores, existem também outros que impedem a doação temporariamente. O impedimento pode durar de 48 horas a cinco anos, dependendo do risco associado. Dentre esses fatores, podemos citar os seguintes:

  • 48 horas: em caso de vacina contra gripe;
  • Oito meses: no caso de cirurgia para retirada das amígdalas;
  • 12 meses: piercing oral ou genital (tempo contado após a retirada);
  • Cinco anos: após a cura de tuberculose, comprovada por exames laboratoriais.

Benefícios da doação de sangue

Um dos maiores benefícios da doação de sangue, é que o doador faz um check-up completo de sua saúde e descarta o risco de doenças perigosas. E, se continuar a ser doador, continuará a fazer check-ups gratuitos regularmente.

Além disso, quem doa sangue tem benefícios como:

  • Direito à meia entrada em alguns eventos culturais, bem como isenção da taxa de inscrição em concursos públicos (benefícios garantidos apenas em alguns estados do Brasil);
  • Direito de se ausentar do trabalho (sem descontos no salário) por 24 horas a cada 12 meses trabalhados;
  • Garante o armazenamento de seu tipo sanguíneo (ninguém sabe o dia de amanhã);
  • Você se tornará um herói na vida de alguém;
  • E, pra quem gosta de fazer uma boquinha livre, sempre tem um lanche, caprichado, ao final da doação!

Onde fazer doação de sangue

Todos os estados brasileiros possuem pelo menos um centro de doação sanguínea. Se você quiser ser um doador, procure saber se há um desses hemocentros em sua cidade ou em cidades vizinhas.

Quando fazer doação de sangue

Quando fazer doação de sangueO momento de fazer uma doação de sangue não é somente quando um ente querido necessita. Pelo contrário, se você se encaixa nos parâmetros para ser doador, não há tempo certo.

Porém, há um intervalo de tempo entre uma doação e outra, o qual deve ser respeitado: intervalos de 60 dias para homens e de 90 para mulheres.

Muitas pessoas poderiam não estar vivas hoje, se não fosse pela generosidade de outras. Ajude você também a salvar vidas! Procure o hemocentro mais próximo e faça uma doação de sangue.

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação. Adoraria aprender tudo sobre fotografia.
Adicionar a favoritos link permanente.

Deixe seu comentário