8 passos para fazer uma dieta pós-parto


Dieta pós-parto esta é uma das dúvidas mais constantes das mulheres que estão ou ainda vão passar pelo momento único e repleto de transformações que é a gestação. Como fazer do jeito certo para voltar à boa forma de um jeito saudável? Continue lendo e descubra esta e outras respostas aqui!

dieta pós-partoApós a gestação o gasto energético aumenta devido à amamentação, este gasto calórico pode chegar a até 700 calorias. Além disso, a mãe precisa se alimentar bem para que possa passar ao bebê os nutrientes necessários para o bom desenvolvimento.

É por isto que a dica de ordem para uma dieta pós-parto correta é manter o equilíbrio, sem radicalismos respeitando o tempo do seu organismo nesta nova fase em que você se encontra, desta forma o seu corpo vai voltando naturalmente ao peso desejado. Preparada para conhecer os 8 passos para uma dieta pós-parto? Então vamos lá:

8 passos para fazer a dieta pós-parto.

Passo 1: Enriqueça a sua alimentação com frutas, verduras e legumes.

Neste grupo alimentar estarão presentes as vitaminas e minerais que são essenciais para:

  • Bom funcionamento do seu metabolismo;
  • Melhor absorção de outros nutrientes;
  • Reposição de vitaminas e minerais perdidos durante o parto, como o ferro, por exemplo;
  • Garantir a disposição.
  • Enriquecer a dieta com fibras que auxiliam na saciedade, no bom funcionamento do intestino e por estarem presentes em sua maioria nos alimentos de baixo índice glicêmico o que favorecer o emagrecimento.

Passo 2: Substitua as bebidas gaseificadas por sucos naturais.

Pare e pense: “O que os refrigerantes tem de saudável para você e seu bebe”? A resposta é: NADA. Aliás, apenas calorias vazias que aumentam o valor calórico das suas refeições diárias ,mas não tem nutrientes.

Então para quê insistir em consumir algo que você sabe que não fará bem nenhum a você nem ao seu bebê? Que além de receber uma carga negativa de calorias ainda pode vir a sentir cólicas.

Use a sua criatividade e crie deliciosas receitas de sucos naturais. Desta forma você estará agregando valor nutricional a sua dieta pós-parto com redução de calorias, a combinação perfeita para quem quer manter a saúde e a boa forma. Isto se você aproveitar o sabor natural das frutas e consumindo logo após o preparo.

Passo 3: Substitua os carboidratos simples pelos integrais.

Esta é uma maneira inteligente de enriquecer a sua alimentação com fibras, reduzir as calorias e evitar os picos de insulina e consequentemente o acúmulo de gordura no corpo.

Passo 4: Consuma mais carnes magras.

As carnes são fonte de proteínas que por sua vez são essenciais para a recuperação pós-parto, além de:

  • Contribuir para o crescimento e desenvolvimento do bebê;
  • Dar mais saciedade, evitando que você ataque “guloseimas” no decorrer do dia.

Inclua no cardápio carnes magras como peixes,  frango sem pele e cortes magros de carne vermelha.

Passo 5: Faça as refeições de 3 em 3 horas.

Comer de 3 em 3 horas ajuda o seu metabolismo a funcionar melhor além de evitar que você exagere na próxima refeição por ficar muito tempo sem se alimentar.

Passo 6: Consuma boas fontes de gordura.

Assim como os carboidratos as gorduras são fontes de energia para o seu corpo, por isto toda dieta saudável deve conter boas fontes de gordura como:

  • Frutas oleaginosas;
  • Azeite de oliva extra virgem;
  • Peixes como salmão, atum e sardinha.
  • Óleo de linhaça, canola, gergelim;
  • Abacate e outros.

Por falar em gorduras, dê preferência pelos alimentos cozidos para deixar a sua dieta mais leve e saudável.

Passo 7: Evite o sal em excesso.

Um dos sintomas mais comuns no pós-parto é a retenção líquida trazendo os incômodos inchaços do corpo. Para evitar esse tipo de problema deixe a sua dieta pós-parto o mais natural possível e evite o uso do sal em excesso.

Faça uso de temperos naturais como as ervas aromáticas que ajudam a realçar o sabor dos alimentos sem que você precise abusar do sal.

Passo 8: Amamente em livre demanda.

A amamentação é uma das formas mais eficientes de “enxugar” medidas após o parto porque é onde você acaba tendo um gasto calórico expressivo. Quando esta fase acaba é preciso reajustar o valor calórico do seu cardápio a fim de evitar o ganho de peso.

A dica é: Amamente em livre demanda e volte ainda mais rápido ao peso desejado.

Estes foram passos simples de como deve ser uma dieta pós-parto e esperamos que você aproveite bem cada uma delas para curtir cada momento ao lado do seu bebê e de bem consigo mesma!

Se você aprovou os passos sugeridos aqui, deixe o seu comentário, ficaremos muito felizes com a sua participação. Caso tenha outras dicas, conte para a gente, quem sabe podemos ajudar ainda mais pessoas!

Até a próxima!

Leia também:
Como perder peso na gravidez sem prejudicar a saúde do bebê
Dicas para uma alimentação saudável durante a gravidez

Conheça o Programa Mamãe Fitness


Sobre Michelle Cristina Leite dos Santos

Nutricionista, formada desde 2009 pela Universidade Guarulhos. Atuo como personal diet e como redatora para blogs e sites de nutrição contribuindo assim para proporcionar mais qualidade de vida para as pessoas.

Deixe seu comentário