Você conhece a dieta facial? Veja algumas características


Por mais estranho e inusitado que possa parecer, existe sim uma dieta que é elaborada a partir de uma análise da face, é a chamada dieta facial.

Desenvolvido por uma nutricionista britânica, o método é aplicado após se fazer o que profissional caracteriza como “interpretação facial”. Feito isso, seria possível identificar quais são as ausências de nutrientes e os órgãos que, consequentemente, estão sendo afetados. A partir daí, estabelece-se um cardápio que visa desintoxicar e nutrir o organismo. Segundo a nutricionista, a perda de peso com a dieta facial pode chegar a 6 quilos em uma semana.

Características da dieta facial

Antes de qualquer informação, é preciso frisar que há divergências de opiniões entre a super tradicional e milenar medicina oriental chinesa e a “escola” alopática. Contudo, há um consenso quando se estabelece uma correlação entre o bem estar do paciente e a qualidade de sua aparência facial.

Dieta facial

A análise é embasada em alguns pontos chave, tais como o aparecimento de linhas sobre a fronte, que pode estar relacionado a uma alimentação com excesso de óleo; pele exageradamente amarelada, indicando possíveis complicações do útero; poros abertos, apontando para alta concentração de ácido no corpo; inchaço abaixo dos olhos, indicando mau funcionamento intestinal e formação de linhas sobre as pálpebras, que apontam para problemas vinculados ao fígado.

Na medicina milenar chinesa, é perfeitamente natural a recomendação de determinados tipos de alimentos após uma verificação de alguns dos pontos detalhados no parágrafo anterior. Por aqui, esses indícios também têm gerado dúvidas entre os médicos.

Porém, o processo é bem mais longo, pois ao constatar mudanças incomuns no rosto de um paciente, o profissional faz a solicitação de exames clínicos específicos e só após a apreciação dos resultados o paciente é, se for o caso, encaminhado a um nutricionista. E então, este assumirá toda a responsabilidade sobre o que a pessoa deve ou não ingerir e por quanto tempo essa dieta será mantida.

Desse modo, é evidente que é possível se chegar à elaboração de uma dieta saudável a partir de uma análise facial. Mas, os especialistas são céticos quando questionados sobre o fato de o método da dieta facial ser determinante para o emagrecimento. Eles entendem que, ao recomendar que seus pacientes consumam apenas carnes grelhadas, frutas, grande variedade de hortaliças e redução máxima na ingestão de sódio, o método apenas replica orientações similares que já são efetuadas há tempos por outros nutricionistas.

Logo, essa dieta proporciona enorme contribuição ao emagrecimento. No entanto, afirmar que ela produz resultados superiores só seria possível mediante um comparativo com os demais métodos.

Ao menos no Brasil, os seguidores, tanto da medicina chinesa quanto da alopática, são unânimes ao afirmar que a sugestão de um cardápio alimentar baseada apenas na simples verificação de detalhes do rosto pode ser algo um tanto quanto negligente. Para eles, a bateria de exames, clínicos e físicos é imprescindível para atestar o que, de fato, há de inadequado no organismo de determinado paciente. Eles também ressaltam que, embora importante, nem sempre uma alimentação regular e saudável soluciona o problema, que pode ser bem mais profundo. Por fim, os médicos ainda lembram que um equívoco notável do método é generalizar a relação causa-efeito. Afinal, segundo eles, as marcas no rosto podem ser ocasionadas por milhares de razões distintas. Pensando nisso, seria ainda mais prudente confirmar as primeiras impressões visuais através de exames.

Entretanto, é bom esclarecer que as críticas se direcionam ao uso da prescrição de um plano alimentar embasado única e exclusivamente na análise facial. É importante destacar que o aprimoramento da detecção desses sinais do rosto pode ser muito útil para se conseguir um pré-diagnóstico sobre a possível causa do distúrbio apresentado.

Gostou do artigo sobre dieta facial? Compartilhe, deixe seu comentário!


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário