Algumas dicas de como evitar o efeito sanfona 1


Ninguém gosta de seguir uma dieta rígida durante semanas, alcançar o resultado almejado perder aqueles desagradáveis 10 quilos e depois de alguns meses, perceber que eles estão voltando ao corpo, – o temido “ efeito sanfona “-. Diante desse problema muitos se entristecem e desistem de emagrecer outros voltam correndo para a dieta. O dilema é criado em nossa cabeça porque esses “quilinhos” insistem em voltar mesmo após tanto esforço.

Veja algumas das complicações causadas pelo efeito sanfonaAs dietas em geral restringem os alimentos que podem ser consumidos, geralmente carboidratos, açúcares e gorduras são cortados em totalidade. O corpo humano funciona como uma máquina, ao iniciar uma dieta onde privamos o organismo de determinados nutrientes ou reduzimos a ingestão de algum alimento nosso organismo iniciará o processo para consumir tudo que temos estocado em forma de gordura e quando paramos com a dieta o organismo, com “medo” de que a escassez ocorrida (durante a dieta) possa acontecer outra vez, com o intuito de nos proteger, começará a armazenar gordura, assim acontece o ganho de peso conhecido como efeito sanfona.

Saída para evitar efeito sanfona: aderir a uma reeducação alimentar.

Diferente das dietas que restringem a ingestão dos alimentos mencionados acima, ao começar a R.A. você percebe que é possível se alimentar desse grupo nutricional proibido pela dieta. Não saia da dieta e volte para a alimentação comum encontre a reeducação alimentar no meio do caminho e aprenda como evitar, de uma vez por todas, o efeito sanfona. Os benefícios estarão muito além do que apenas a manutenção de um peso saudável e do desejado reflexo no espelho.

Ao finalizar uma dieta é recomendado procurar um profissional da área de saúde para saber se está tudo bem com seu organismo e pedir aconselhamento sobre a nova educação alimentar. Feito isso não poupe esforços para transformá-la em um novo hábito o mais rápido possível e não tenha medo de seguir até mesmo o dia livre para comer o que quiser, pois, muitos pecam aqui, não aproveitam o dia “D” e se tornam frustrados por se privarem de determinados elementos que realmente gostam.
Peça ajuda a família e aos amigos para que o ajudem com os novos hábitos alimentares, ter o apoio de quem amamos é essencial para alcançar nosso objetivo final. E se em algum momento for pego de surpresa e um quilo ou outro aparecer não desanime, isto não significa que sua R.A. falhou entenda a razão “apenas as dietas falham” já que são um conjunto de regras para determinado momento na vida. A reeducação alimentar é um conjunto de práticas e conhecimentos que será carregado para sempre com você, por isso respire e relaxe um pouco, a maioria das pessoas possuem essa oscilação de peso e sequer percebem esse fato, não se cobre demais.

Outra dica importante é praticar alguma atividade física, mesmo que seja algum exercício de baixo impacto, alongamento, caminhada, corrida, musculação e etc…
Faça alguma atividade física por no mínimo 30 minutos três vezes por semana. Unindo atividades físicas com uma boa alimentação não existe efeito sanfona que possa voltar para atormentar.

Veja também:
Mudar e emagrecer: Atitudes que vão ajudar
É PRECISO COMER PARA EMAGRECER
Viva Emagrecendo


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

Um pensamento em “Algumas dicas de como evitar o efeito sanfona