Aprenda como efetuar corridas longas para manter o peso ideal   Atualizado recentemente!


As corridas são um dos esportes preferidos de quem pretende emagrecer e manter um bom condicionamento físico. Como se trata de uma modalidade que não exige nenhum equipamento específico, a maioria das pessoas simplesmente calça os tênis e sai, literalmente, correndo. Aprenda como efetuar corridas longas para manter o peso ideal.

Mas, para evitar lesões ou diminuir o risco de que elas aconteçam, a corrida também requer uma série de cuidados. O primeiro deles é com relação aos calçados, que se não forem desenvolvidos especificamente para as corridas, devem, ao menos, proporcionar um nível adequado de conforto. A segunda se refere aos preparativos que devem ser adotados quando o percurso compreendido pela corrida for longo, ou seja, acima dos 10 km de extensão.

[Veja: CALÇADOS PARA CORRIDA]

Como efetuar corridas longas

como efetuar corridas longas para manter o peso idealQuem consegue habituar o organismo a percorrer trajetos de longa distância da maneira adequada tem mais chances de manter o organismo sempre em boa forma.

No início, nada de bater recordes

Geralmente, os trajetos compostos por 5 km, classificados como média distância, são realizados em intervalos de 30 minutos, aproximadamente. Já uma corrida de longa distância é caracterizada por trajetos que superam os 10 km. Nestes casos, o tempo de conclusão do percurso pode levar cerca de 50 minutos, tempo este obtido mediante um compasso que finalize cada quilômetro dentro de 6 minutos.
Entretanto, quem não está habituado praticar corridas longas deve ir com muita cautela. Logo, no início o tempo de conclusão do trajeto deve ser a última das preocupações. Pensando nisso, o foco deve estar voltado para o desenvolvimento da resistência do corpo, fundamental para que o iniciante consiga chegar ao fim do percurso sem ter sua saúde comprometida.

Aspectos importantes a se considerar

Um dos pontos chave para conduzir corridas longas é a manutenção dos sistemas de energia, necessários para que o organismo continue executando todas as suas funções internas sem prejuízos.
Essa energia toda é oriunda dos armazenamentos de glicose (na forma de glicogênio; ficam depositados no fígado e massas musculares), da concentração de glicose presente no sangue, das proteínas, e dos ácidos graxos. Existem muitos fatores que interferem diretamente no modo como o organismo utilizará esses recursos. Assim, sempre haverá uma sequência de uso organizada de acordo com o tempo necessário para finalização do treinamento, nível de nutrientes disponíveis, e intensidade aplicada ao exercício em questão.

Dessa forma, nos percursos longos o corpo tende a priorizar o consumo de gordura e glicogênio para obtenção de energia. O que faltar é complementado pela glicose. Em outras palavras, trata-se de uma excelente maneira de induzir o corpo a queimar gordura, contribuindo sensivelmente para a perda de peso.
No começo, os iniciantes devem ter um cronograma específico. Assim, considerando 10 km por sessão de treinamento, o ideal é que sejam realizadas, no máximo, 4 sessões ao longo da semana, totalizando 40 km percorridos a cada sete dias.

Outro aspecto importantíssimo para se ter um bom desempenho durante a corrida (principalmente quando se trata de longos trajetos) é a potência muscular. É vital que os músculos recebam treinamentos voltados para o seu desenvolvimento. O recomendável é que o iniciante fortaleça os grupos musculares com exercícios que possuam carga moderada. O intuito é preservar as articulações, e ampliar o rendimento obtido durante a concretização de todo o percurso.
Por fim, é preciso respeitar o intervalo entre uma bateria de treinamentos e outra. Afinal, para conquistar todos os objetivos pretendidos é vital que o organismo tenha um tempo para conceder as respostas necessárias para os estímulos induzidos aos músculos e demais órgãos.

Antes de partir para as corridas longas

Também existem algumas dicas que visam preparar melhor o corpo para percorrer os 10 quilômetros. Antes de começar: percorra distâncias menores, mas com ritmos acelerados; distâncias superiores, mas com baixa intensidade; e distâncias inferiores com intensidades de ritmo intervaladas.

Leia também:
Saiba como praticar corrida sem sofrer lesões
Veja 5 dicas para aprimorar o seu fôlego
Veja aqui 7 dicas para definir a barriga
Veja 4 exercícios para deixar a barriga bem definida
[5 sinais de que é preciso trocar os tênis]
[2 treinos de corrida: um para iniciantes e outro para iniciadas]


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário