Conheça os benefícios da farinha de berinjela

Conheça os benefícios da farinha de berinjela e tenha mais uma alternativa na cozinha

Farinha de berinjelaAlimento versátil, nem sempre a berinjela é a primeira opção devido ao seu aroma intenso. No entanto, as opções de receitas com ela são tantas e os pratos ficam tão enriquecidos que seria, no mínimo, injustificado não incluí-la no cardápio de alguma forma.
Vencido o preconceito, é preciso informar que em forma de farinha a berinjela aguça ainda mais suas elogiáveis propriedades. Por essa razão, muitas pessoas avessas ao vegetal podem encontrar na farinha uma ótima maneira de ingerir os benefícios da berinjela.
A seguir, conheça as principais características dessa farinha e o que ela pode fazer pelo seu corpo.

Principais características da farinha de berinjela
Infelizmente, ainda não existe uma padronização tabelada dos nutrientes que podem ser encontrados nessa farinha de berinjela, já que existem grandes variações de um fabricante para outro. Além disso, o modo como a farinha foi processada também faz a diferença quando se tenta mensurar a concentração dos nutrientes.
No entanto, existem pesquisas em andamento e é possível se ter uma ideia do quão importante essa farinha pode ser. Dito isto, sabe-se, por exemplo, que uma porção de 15 gramas – equivalente a uma colher de sopa – possui 0,3 gramas de gorduras, 1,2 g de proteínas, 3,8 g de carboidratos e 6,8 g de fibras.
Segundo os nutricionistas e pelo que se pode aferir a partir dos dados acima, a grande vantagem da farinha de berinjela é a sua elevada concentração de fibras.

BENEFÍCIOS (Veja alguns benefícios do suco de berinjela)

Contribui para o emagrecimento
A UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro) resolveu ir a fundo a respeito dos benefícios da farinha de berinjela. O resultado foi que um grupo de pessoas que consumiu 14 gramas diárias da farinha, durante um período de 60 dias, conseguiu eliminar, aproximadamente, 60 quilos. Esse total equivale ao dobro do peso perdido pelos membros de outro grupo.
Todo esse sucesso da farinha de berinjela se deve a três fatores: elevação da saciedade, diminuição da gordura corporal e controle sobre a vontade desenfreada de se consumir doces.

Menos gordura nociva circulando pela corrente sanguínea
De todas as substâncias que circulam pela corrente sanguínea, talvez o excesso de gordura seja o evento mais preocupante. Pois bem, a farinha de berinjela contribui para a redução significativa dos níveis de triglicérides e do temido colesterol LDL (o ruim).
As fibras desempenham papel crucial para que isso aconteça, já que reduz a porcentagem de colesterol que acaba afluindo ao sangue. Cabe também citar o chamado transporte reverso do colesterol, o qual pode ter por consequência a ampliação dos índices de colesterol HDL (o bom) em cerca de 30%.

Sistema imunológico alerta e intestino em pleno funcionamento
O trabalho realizado pelas fibras surte efeito em várias regiões do corpo. Um dos destaques fica por conta do fluxo intestinal, que passa a funcionar melhor do que nunca. Isso, em grande parte, se deve à ampliação da flora intestinal.
A imunidade do organismo está diretamente vinculada ao bom funcionamento do intestino porque é de lá que provêm a maior parte das imunoglobinas. Os benefícios, portanto, são estendidos e compartilhados. Nada mais adequado para que o organismo mantenha seu equilíbrio interno.

Como obter a farinha de berinjela (Comprar pronta)
Despeje um quilo de berinjela, previamente fatiada e com casca, sobre uma forma. Coloque a forma no forno sob 200º C e a mantenha por, aproximadamente, duas horas — o importante é que esteja crocante. Depois, triture o vegetal em um liquidificador ou processador de alimentos até que se extraia um pó. Tenha como referência a farinha de mandioca, pois a textura deve ser análoga a ela.

Contraindicações da farinha de berinjela
Embora não existam contraindicações propriamente ditas, os nutricionistas lembram que a ingestão da farinha de berinjela deve ser realizada em conjunto com alimentos ricos em antioxidantes objetivando evitar o desenvolvimento de radicais livres.
Outro detalhe importante é quanto ao exagero, que pode levar à constipação intestinal. ((Veja como combater a Constipação intestinal))

Deixe seu comentário

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE