Alguns alimentos saudáveis que merecem cautela


Existem muitos alimentos saudáveis. No entanto, por melhores que sejam as características agregadas por certos alimentos, consumi-los de forma desregrada pode comprometer uma dieta rica e equilibrada.

[caption id="attachment_10346" align="alignleft" width="250"]Alimentos saudáveis Imagem cortesia de nenetus em FreeDigitalPhotos.net[/caption]

Tão importante quanto se alimentar da maneira adequada é saber quais devem ser as porções e, principalmente, em qual momento do dia elas devem ser ingeridas. Em princípio, parece algo muito rígido. Porém, nada que seja tão difícil de ser administrado. A seguir, confira algumas orientações divulgadas por alguns nutricionistas.

Conheça 7 alimentos saudáveis, mas que devem ser consumidos com cautela.

O ovo (Saiba tudo sobre o ovo, o alimento que revigora o poder cerebral)
Elemento que alimenta discussões, o ovo quase sempre está presente no cardápio. Apesar disso, vários de seus benefícios já foram comprovados, tais como o aprimoramento da memória. O único problema de se consumir ovos é o mesmo de uma série de alimentos: o exagero. Assim, segundo os especialistas, o ovo, propriamente dito, deve ser consumido apenas 4 vezes no decorrer da semana. Este número limite se deve à presença dos ovos em outros itens ingeridos no mesmo período, como, por exemplo, os bolos, os pães e as massas. Logo, ao ingerir estes alimentos os ovos acabam sendo introduzidos no organismo de maneira indireta.

O iogurte
Importante aliado na luta a favor da perda de peso, o iogurte é cada vez mais consumido e sob as mais variadas formas. Além de um corpo magro, o alimento proporciona outros benefícios, tais como a regulação do intestino, fortalecimentos dos ossos e da massa muscular e proteção concedida ao estômago. O ideal é que o iogurte seja ingerido logo cedo no café matutino ou nos intervalos das refeições mais caprichadas.

Os cereais
Esses são os preferidos de muita gente. Contudo, se possível, os cereais devem estar sempre em sua versão integral, pois é nessa forma que reúnem uma alta concentração de fibras, elementos substanciais para que o organismo se torne mais saciado por um período mais extenso. Podendo ter o seu consumo atrelado ao iogurte, os cereais podem ser consumidos diariamente. A quantidade de porções pode variar, sendo no mínimo 5 e no máximo 8. Aquelas que receberão a força do iogurte podem ser ingeridas no café da manhã e no café da tarde.

O Arroz
Alimento básico e quase que indispensável na mesa do brasileiro, o arroz é um dos mais consumidos diariamente em todo o país. Carboidratos são imprescindíveis a um organismo saudável. Mas, se o intuito for emagrecer, os nutricionistas aconselham a substituir o arroz “comum” pelo integral. Mesmo assim, o ideal é que o consumo seja realizado apenas uma única vez durante o dia, seja durante o almoço ou à noite. Uma sugestão para que o prato ganhe mais nutrientes e fique mais colorido é adicionar vagem, brócolis ou cenoura ao preparo do arroz. Dessa forma, a refeição ficará mais encorpada e não prejudicará o andamento da dieta.

O queijo cottage
Excelente fonte de uma série de proteínas e cálcio, o queijo cottage contribui de modo bem satisfatório para o aprimoramento dos mecanismos de defesa do organismo. Além disso, a sua porcentagem de gordura é super-reduzida. O cottage pode ser ingerido sempre diariamente: no café da manhã e da tarde. Para comê-lo, adicione-o no pão integral ou na torrada.

A quinua
Disponível nas versões pó, floco e grãos, a quinua vem conquistando um grande número de fãs devido ao fato de apresentar características que a colocam como o cereal “perfeito”. Isso acontece porque a quinua congrega um denso conjunto de aminoácidos primordiais para que o organismo se mantenha em constante equilíbrio. Além disso, a quinua também é uma ótima fonte de cálcio, substancial para que o indivíduo tenha ossos fortes e resistentes. O seu consumo não deve ultrapassar a quantidade de 2 colheres de sobremesa ao longo do dia. Existem receitas específicas e saborosas que incluem o uso da quinua.

As sementes de chia (Veja 7 motivos para você consumir sementes de chia regularmente)
Ótima fonte de proteínas, fibras e, principalmente, do idolatrado ômega 3, as sementes de chia dispensam apresentação. Sua atuação é precisa, colaborando de forma plena para que o corpo fique enxuto e saudável. Para que isso aconteça, a chia atua na diminuição dos estoques de gordura. Entretanto, os nutricionistas alertam para o alto índice calórico da chia. Logo, jamais deve ser consumida em demasia. Para obter um melhor aproveitamento, use-a em saladas ou salpique-a no iogurte. O ideal é que o total consumido em um dia não ultrapasse uma colher (rasa) de sobremesa, pois mesmo estando entre os considerados alimentos saudáveis, deve ser consumido com basante cautela.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.

Deixe seu comentário