Alimentos que previnem o Mal de Alzheimer 6


O Mal de Alzheimer é uma doença degenerativa e, até o presente momento, sem cura. O seu aparecimento está vinculado à uma série de deficiências cognitivas que se desenvolvem de maneira gradual.

Mal de Alzheimer Alimentos que previnemSegundo os especialistas, a doença pode ser diagnosticada alguns anos antes de estar plenamente desenvolvida. Inicialmente, o sintoma mais clássico é a ausência da memória recente. A pessoa afetada não consegue mais se concentrar em algo específico. Com o passar do tempo a dificuldade de comunicação progride a níveis elevados, dificultando o convívio social do indivíduo. Quando o Mal de Alzheimer alcança um estado crítico é preciso que o paciente tenha uma pessoa para lhe prestar cuidados durante tempo integral.

Embora a doença costume aparecer apenas em pessoas que contenham predisposição genética, nada impede que alguém a desenvolva mesmo sem haver qualquer registro anterior na família. Por isso, vale a pena conhecer os alimentos que podem ajudar a prevenir algo que pode de certa forma, destruir uma boa vida na terceira idade, uma fase, normalmente, dedicada ao descanso do corpo e da alma. Além disso, existem casos de doença de Alzheimer em pessoas relativamente jovens, com cerca de 40 anos.
Apesar de uma dieta específica não garantir qualquer tipo de resultado preventivo à prova de falhas, a combinação ideal de determinados nutrientes pode fornecer uma contribuição bem interessante e satisfatória. Afinal, de tempos em tempos, pressão alta, diabetes, uso do cigarro e problemas cardiovasculares são associados à piora da doença. Em razão disso, nada melhor do que criar e manter hábitos saudáveis. Saiba mais na sequência.

A alimentação recomendada pelo corpo de médicos especialistas que ajudam a prevenir o Mal de Alzheimer.

Em primeiro lugar, a alimentação deve ser rica em legumes e frutas. Existe comprovação científica que atesta a eficiência de alimentos como as folhas verdes (alface, rúcula, agrião, couve etc), espinafre e maçã. Antioxidantes devem ser consumidos em doses diárias. Além de ingerir alimentos que contenham vitaminas C e E, o chá verde e o chocolate puro também são ótimas fontes de substâncias antioxidantes.

Particularmente no que se refere ao morango, recentemente um estudo identificou a existência de um poderoso antioxidante nessa fruta que fortalece a região cerebral correspondente à memória. Da mesma forma, esse elemento intervém no processo de deterioração causado pelo Mal de Alzheimer.

Alimentos com alta concentração de ômega 3 também são importantes. Essa substância pode ser encontrada no óleo de peixe ou na carne destes mesmos animais, como, por exemplo, o salmão, o mais consumido e um dos mais ricos em ômega 3. Contudo, outros peixes também podem e devem ser consumidos, tais como o atum, o cação e o bacalhau.

A ingestão dos ácidos graxos provenientes do ômega 3 colaboram para que ocorra a diminuição das taxas de LDL (colesterol “ruim”) e triglicerídeos, o que caracteriza um quadro propício ao desenvolvimento da doença. Uma alimentação rica em ômega 3 se torna ainda mais recomendável para pessoas que já possuem um histórico familiar amplo do Mal de Alzheimer. Nestes casos, não se trata de extinguir as possibilidades de aparecimento do Mal de Alzheimer e sim de adiar a sua evolução por alguns anos.

Alimentos ricos em açúcar e qualquer outro hábito que leve ao desenvolvimento do diabetes também devem ser evitados ao máximo. Para que os índices de glicose no sangue não ultrapassem a barreira do aceitável é preciso planejamento alimentar. Inicialmente, os intervalos das refeições devem seguir o padrão de 3 horas. Frutas devem ser consumidas em seu estado desidratado. E quem tiver muita dificuldade para evitar o consumo exagerado de doces pode comer um pequeno tablete de chocolate amargo, que deve ajudar a saciar o desejo por açúcar.

Alimentos que previnem o Mal de Alzheimer

Fator importante, não só para prevenir o Alzheimer, mas também outras doenças, é o modo como as pessoas se alimentam e o que elas comem. A alimentação é fator fundamental para desencadear, prevenir ou melhorar qualquer problema de saúde.
Alguns alimentos são importantes para ajudar a combater este mal. Selecionamos aqui os mais eficientes. Confira!

1 – Frutas, legumes e verduras

No geral, esses alimentos são ricos em antioxidantes. Este fator ajuda a diminuir os radicais livres que o Alzheimer produz no sistema nervoso.
Os vegetais de folhas verdes como o espinafre, o brócolis e as maçãs merecem ser caprichados.
A casca da fruta romã pode prevenir e muito esta doença, pois ela possui uma enzima que tem atuação especificamente no combate ao Alzheimer. Ela combate os radicais livres e possui uma elevada quantidade de antioxidante.
As frutas roxas e vermelhas como ameixas, uvas, mirtilos ou as amoras pretas, ajudam a combater o Alzheimer e até o câncer. Estudos feitos na Universidade de Manchester, Reino Unido, constataram que estes alimentos possuem um flavonoide chamado fisetina que estimula a área do cérebro responsável pela memória, e ressaltam que o morango é a fruta que mais possui este componente.

2 – Azeite de Oliva

O azeite de oliva é bastante conhecido por combater doenças cardiovasculares, no entanto, descobriu-se um componente presente nele, o hidroxitirisol, muito eficaz em impedir a degeneração dos neurônios, o que retarda o envelhecimento cerebral.
OBS: É aconselhado o consumo do azeite in natura, pois assim ele não perde as suas propriedades naturais.

3 – Álcool

O consumo do álcool com moderação ajuda na prevenção do Alzheimer. E o vinho é a bebida mais indicada. “Mas lembre-se:” Beber pouco e não para ficar bêbado ou virar um alcoólatra”, diz estudiosos da Loyola University, nos Estados Unidos.
A bebida possui ação antioxidante e melhora a circulação cerebral, além de auxiliar na proteção de doenças degenerativas.

4 – Guaraná ( Paulinia Cupana)

Devido a ação da acetilcolina, o guaraná ajuda a melhorar a memória das pessoas com Mal de Alzheimer. Mas tenham atenção, pois as gestantes, os cardiopatas e os hipertensos não podem nem se aproximar deste componente devido a alta concentração de cafeína que o guaraná possui.

5 – Oleaginosas

Uma dieta rica em nozes, castanhas e afins faz a pessoa diminuir drasticamente as chances de ter o Mal de Alzheimer. Esses alimentos são ricos em selênio, e este, por sua vez, ajuda a serotonina, a acetilcolina e a dopamina na transmissão de mensagens entre os neurônios e o funcionamento cerebral.

6 – Cúrcuma

O consumo da curcumina ajuda na prevenção do Alzheimer. Este tempero possui um poder anti-inflamatório e antioxidante capaz de prevenir o envelhecimento e eliminar tudo de ruim que há no cérebro que cause a doença.
Para finalizar, deixemos claro que é possível retardar essa degeneração dos neurônios que causa o Alzheimer , basta apenas manter hábitos saudáveis como alimentar-se bem e praticar exercícios. Garanto que estes cuidados te deixarão com a vida mais leve e saudável.

Alimentação não é tudo
Por fim, cabe salientar que a alimentação saudável pode ajudar a prevenir o desenvolvimento do Mal de Alzheimer, porém, ela se mostra muito mais eficiente quando atrelada a outros fatores determinantes. Um deles é o gerenciamento do estresse. Alguns pesquisadores afirmam que em estado avançado, o estresse pode gerar um hormônio extremamente prejudicial à atividade cerebral. Por isso, precisa ser gerenciado da melhor maneira possível. Outro fator que pode ajudar, segundo os médicos, é a quantidade de desafios mentais propiciados ao cérebro, que podem ser simples quebra-cabeças ou o aprendizado de qualquer coisa nova. Para se manter longe do Mal de Alzheimer, O importante é mantê-lo ativo, principalmente após os 50 anos.


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida.

Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo.

Durante esses anos tenho “corrido” atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida.

Ps.
Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria.

Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

6 pensamentos em “Alimentos que previnem o Mal de Alzheimer