Veja alguns alimentos polêmicos que podem ser benéficos para a saúde

Se forem questionados, todos conseguem apresentar uma lista dos alimentos tidos como extremamente nocivos à saúde. Mesmo que após algumas pesquisas recentes – e outras nem tão recentes assim – alguns mitos tenham se desvanecido pelo horizonte, muitos ainda duvidam dos resultados divulgados ou, simplesmente, desconhecem o lado positivo presente em alguns desses alimentos. Afinal, sim, eles existem e não são poucos.
Café, margarina, maionese e chocolate fazem da lista de alimentos polêmicos. Será que eles realmente podem propiciar algo que seja aproveitável pelo organismo humano? Na sequência, confira alguns esclarecimentos a respeito.

Alimentos polêmicos

alimentos polêmicos que podem ser benéficos para a saúdeSaiba por que alguns alimentos polêmicos também podem ser benéficos

O chocolate 

Já nem tão duvidoso assim, o chocolate ainda consegue figurar entre os alimentos polêmicos na mente de muita gente. Talvez, convencer as pessoas a ingeri-lo seja a missão mais fácil, já que é difícil encontrar alguém que não aprecie uma dentre as milhares de variedade existentes do alimento ao redor do planeta.
O fato é que, como já foi e continua sendo corroborado por estudos científicos de diversas regiões do mundo, o chocolate é uma importante fonte de flavonoides, uma das variantes mais relevantes de elementos antioxidantes, que além de interromper os processos de oxidação do colesterol ainda preserva a integridade de outros co-irmãos, tais como as vitaminas A e E.
O chocolate consegue a façanha de ser um anti-inflamatório, proporcionar equilíbrio ao sistema imunológico e reduzir significativamente as possibilidades de alguém vir a sofrer uma doença cardiovascular.
Porém, para conseguir obter todo esse benefício não basta consumir qualquer chocolate. A recomendação mais recente dos nutricionistas faz menção ao consumo diário de 1 a 3 tabletes de chocolate escuro e que contenha, ao menos, uma concentração de 70% de cacau.
Possivelmente, a maior controvérsia em torno do chocolate seja a dificuldade em consumir porções limitadas do alimento. Veja: Chocolate pode comprometer a dieta?

A maionese

Por mais estranho que possa parecer, a maionese também pode colaborar para o equilíbrio do corpo. Essa alteração em relação ao posicionamento diante do alimento se deve às novas composições do produto. Segundo os especialistas, existem versões recentes de maionese que possuem gordura trans em quantidades super-reduzidas e podem até ser classificadas como saudáveis. Afinal, a maionese apresenta boas doses de ômega-3, vital no combate ao colesterol LDL (ruim).
Apesar disso, os nutricionistas não deixam de fazer grandes ressalvas. Se o intuito for consumir uma maionese tida como saudável, evite aquelas produzidas e disponibilizadas por lanchonetes, pois é impossível saber a composição e proporção do que foi utilizado no preparo. Além disso, a nem mais equilibrada maionese industrial do mundo deve ser consumida diariamente.

O café

Bebida super tradicional das manhãs de muitos países, as discussões em torno dos benefícios e malefícios do café já contam com centenas de pesquisadores de ambos os lados.
Atendo-se aos benefícios, um estudo científico recente conduzido pela Universidade do Sul da Flórida (EUA), constatou que a principal substância do café, a cafeína, pode prestar um importante auxílio no combate do Alzheimer, poderosa doença degenerativa. Segundo os cientistas, a cafeína reduz o estabelecimento de placas amiloide que se depositam na corrente sanguínea e no cérebro. Em outro estudo estadunidense, concluiu-se que o café reduz as ocorrências de derrames.
Lembrando dos malefícios, basta estar ciente de que mesmo os defensores da bebida não recomendam o consumo que ultrapasse 4 xícaras diárias, já que em excesso o café pode comprometer a pressão arterial.

A margarina

Lançada como substituta natural da manteiga, rica em gordura saturada, a margarina passou a constar na lista de alimentos indesejados devido à alta concentração de gorduras trans. No entanto, essa realidade mudou após o lançamento de produtos que, além de serem destituídos de gorduras trans, ainda apresentam baixos índices de gordura saturada e elevadas taxas de gordura insaturada.
Mesmo assim, os nutricionistas recomendam cautela na hora da ingestão e aconselham os consumidores a ficarem atentos às informações gerais inseridas nos rótulos.

E na sua opinião, esses alimentos polêmicos, podem ou não trazer benefícios para a nossa saúde? Deixe seu comentário, compartilhe!!!

Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação. Adoraria aprender tudo sobre fotografia.
Adicionar a favoritos link permanente.
  • RECEBER DICAS DE SAÚDE!