Veja a importância de se consumir leite 2


Copo de leite

De tempos em tempos, surge uma espécie de guru ditando o que devemos e o que não devemos comer. Trata-se de uma verdadeira ditadura da alimentação. Em uma dessas orientações/ordens mais recentes, um desses “mestres” da dieta alimentar afirmou que o leite, uma das melhores fontes de cálcio de que se tem notícia, não é mais necessário aos seres humanos. (Vídeo – Dr. Lair Ribeiro)
Parece evidente que todos podem viver sem o consumo de leite, afinal as pessoas que possuem intolerância à lactose conseguem suprir as necessidades de cálcio através de outros alimentos, como o tofu, o brócolis, e o espinafre. Mas, daí a alertar a humanidade sobre os riscos de se consumir leite, isso soa um tanto quanto exagerado.

Longe de iniciar uma defesa das produtoras e fabricantes de leite, principalmente aquelas que insistem em adulterar o alimento, também não é aceitável que se utilize uma “notícia” duvidosa apenas para promover os chamados produtos 100% naturais. Reparem que os referidos gurus sempre estão por trás de alguma empresa que comercializa algum dos diversos shakes “milagrosos” disponibilizados no mercado. Percebam também que alguns desses senhores chegaram até a afirmar que o leite deve ser retirado da pirâmide alimentar.

Para saber o que, de fato, o leite pode proporcionar ao organismo, acompanhe alguns esclarecimentos expostos na sequência.

A pureza do leite orgânico
Quando as produtoras seguem à risca as normas estabelecidas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), ou seja, quando não introduzem substâncias estranhas ao produto e nocivas ao organismo – a mais comum é a soda cáustica –, o leite comum é tão seguro para o consumo quanto a versão orgânica.
Todavia, a maior pureza presente nos leites orgânicos é indiscutível, uma vez que as vacas que o geram são alimentadas da forma mais natural possível, sem pastos repletos de fertilizantes. Além disso, esses animais não recebem as doses típicas de hormônios das vacas que produzem o leite classificado como comum.

O leite, sozinho, não provoca cálculo renal
Ao contrário do que é propalado em diversos lugares, o leite não é o causador exclusivo das chamadas “pedras nos rins”. De fato, se consumido em excesso, ele amplia as chances de o indivíduo vir a sofrer no futuro com o desenvolvimento do cálculo renal.
Entretanto, o excesso não é um argumento válido para deixar de ingerir leite, já que em concentrações em demasia, qualquer alimento se torna perigoso à saúde. O que classifica um alimento como saudável é exatamente a dosagem diária dele que deve ser consumida.
Conclusão: o cálcio é um mineral importantíssimo para o corpo, e como os demais deve ser consumido na medida certa. Em segundo lugar, os cálculos renais podem ser evitados ao controlar a quantidade ingerida de bebidas alcoólicas, ao beber muita água ao longo do dia, e ao minimizar o consumo de sal.

Excelente fonte de cálcio (CÁLCIO+MAGNÉSIO – 90 Comprimidos de 500 mg)
Assim como ocorre com o café, em que sempre surge um estudo positivo contrariando um anterior com denotação negativa, o leite tem ao seu lado ceros pesquisadores tendenciosos.
Fazendo um balanço sobre os dois grupos, a maioria da comunidade científica considera o leite um alimento essencial e que só precisa ser evitado por pessoas que apresentem reações alérgicas devido ao consumo das substâncias constituintes da bebida.
E a razão para isso é muito simples, pois não se trata apenas de ser um alimento rico em cálcio, pois o tipo desse mineral presente no leite é mais facilmente absorvido pelo organismo.

Leite desnatado possui colesterol
Apresentar os pontos positivos do leite é tão fundamental quanto apontar os negativos, contanto que os últimos sejam autênticos. Este é o caso da concentração de colesterol. Os nutricionistas explicam que qualquer alimento de origem animal detém uma certa porção de colesterol.
Por outro lado, o volume dessa gordura varia. Logo, tanto o leite integral como o desnatado possuem colesterol, mas com taxas bem superiores naquele, o que pode levar ao aumento de peso. Desse modo, os especialistas recomendam moderação, caso o consumo de leite se limite à versão integral.

O leite pode ser consumido após os treinamentos físicos
Os resultados de um estudo publicado pelos pesquisadores da Universidade do Canadá comprovaram que o consumo de leite contribui para ampliação das massas musculares. A pesquisa considerou a ingestão de dois copos da bebida após os exercícios de musculação.
Os nutricionistas brasileiros corroboram a pesquisa, afirmando que o leite é um dos alimentos ideais para aperfeiçoar as funções executadas pelo corpo. Esse efeito é ainda melhor se for levado em conta o consumo da versão desnatada.

Leia também:
(Veja os benefícios do leite de alpiste e aprenda como fazê-lo
Alimentos e nutrientes ideais para fortalecer os dentes
Veja alguns alimentos polêmicos que podem ser benéficos para a saúde
Desvende 14 mitos e verdades sobre o leite


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Deixe seu comentário

2 pensamentos em “Veja a importância de se consumir leite