Veja 6 dicas que vão te ajudar a mudar para emagrecer. 1   Atualizado recentemente!


Mudar para emagrecer

O nosso cérebro e nossos pensamentos têm uma influência enorme sobre nossas ações. Infelizmente, muitas pessoas se esquecem disso quando querem emagrecer. Um dos primeiros passos para emagrecer é aprender a “pensar magro”, e livrar-se dos vícios que arruínam suas chances de conquistar o corpo que sempre quis.

“Pensar magro” não quer dizer comer um prato de alface desejando um X-tudo lotado de gordura. Vai muito mais além, quando você sentir fome irá pensar em uma fruta ou uma saladinha e estará satisfeito com isso. Você vai pensar em ir a pé, em se movimentar algumas vezes ao dia. E, quem sabe, ansiar pela hora da academia.

Mas lembre-se, isso é um processo. Não “se chicoteie” se isso não acontecer na primeira semana da dieta. Aliás, não faça uma simples dieta, implemente pequenas mudanças na sua vida que te ajudarão a emagrecer com saúde. Aqui seguem algumas dicas que podem ajudar você a mudar e emagrecer mais rápido (e o mais importante, manter o seu novo peso). Anote essas 6 dicas simples e sinta o resultado —na mente e no corpo.

#Dica 1:  Não encare sua dieta ou a academia com uma atitude de “tudo ou nada”

Esse é um dos erros mais clássicos de quem está se esforçando para emagrecer: no primeiro deslize, concluir que “tudo está perdido” e simplesmente desistir.

A verdade é: somos humanos, e é normal em algum momento fraquejar. Pode ser que em determinado final de semana você esqueça um pouco do regime e exagere no churrasco, ou que tenha uma recaída e ataque o chocolate. Pode ser também que você não vá à academia por um dia, ou mesmo por uma semana.

Isso não é motivo para você concluir que está tudo perdido, e simplesmente desistir. Compense invés de desistir. Exagerou no almoço, pegue mais leve no jantar. O final de semana foi pesado, coma mais saladas durante a semana, faça um treino extra. Não desista.

Persistir no objetivo e mudar para emagrecer vai ser bem melhor para sua saúde. Os passos até lá serão um exercício de paciência e de superação de obstáculos. Não deixe que a frustração te afaste dos seus objetivos: siga em frente sempre.

#Dica 2: Assuma a responsabilidade pela sua própria vida

Muitas vezes, procuramos culpados para as coisas que não dão certo na nossa vida — e isso também se aplica ao emagrecimento.

Sim, é verdade que algumas doenças ou fatores genéticos podem influenciar no seu peso, mas você não pode deixar que tudo dependa disso. Esforce-se para mudar o que você quer que seja mudado.

Não desista da academia ou de outra prática física porque você “simplesmente não serve para isso”. Fugir das verduras e legumes e alegar que seus pais nunca te ensinaram a gostar desses alimentos também não é uma opção.

Assuma a responsabilidade por suas escolhas. Não, não vai ser sempre fácil. Mas, a partir do momento que você acreditar em seu potencial, vai se sentir mais motivado para continuar.

#Dica 3: Não recompense a si mesmo com comida

Não há nada de errado em querer fazer um agrado a si mesmo. O perigo aqui é oferecer recompensas na forma de uma caixa de bombons ou de um hambúrguer (agora você se lembrou do X-tudo lá do começo do artigo).

Há várias desvantagens nesse tipo de atitude. A primeira e mais óbvia: você vai acabar consumindo muitas calorias de uma vez só e estragar sua dieta. Mas a segunda é ainda pior, seu subconsciente vai associar comidas altamente calóricas com felicidade, e quando você não as consumir vai concluir que está infeliz. Ou seja, indiretamente você fica “viciado” nesse tipo de comida/recompensa.

Claro que você pode sentir prazer ao comer algo que gosta, mas não deixe que essa seja sua principal fonte de satisfação: Ao mudar para emagrecer, crie outras compensações, saia com os amigos, adote um novo hobby, compre àquela blusinha ou àquela calça nova (que provavelmente já serão em números menores, eba!).

#Dica 4: Aceite elogios (e aprenda a reconhecer seus progressos)

Quem nunca foi crítico demais consigo mesmo? Apesar da humildade ser importante, reconhecer seus próprios progressos é fundamental para dar motivação e um “empurrãozinho a mais” na força de vontade.

Assim, quando alguém elogiar alguma qualidade sua ou notar o quanto você emagreceu, evite achar que a pessoa está apenas tentando te agradar ou apontar algum defeito em contrapartida. Aceite elogios alheios, e procure sempre reconhecer o quanto você melhorou. Sabe a recompensa da dica anterior? Essa é a hora. Porque não uma roupa nova para comemorar os progressos?

#Dica 5: Lembre-se: comer é social! Peça o apoio dos amigos e família

Comer é um ato social, só porque você está de dieta não quer dizer que deve se excluir. Peça o apoio e compreensão dos amigos e familiares. As pesquisas comprovam que quem convive com obesos tem mais de 50% de chances de engordar, ou mesmo se tornar obeso.

Fale com sua família e seus amigos, todos têm a ganhar. Assim, ao sair você pode escolher restaurantes que sirvam opções menos calóricas. Ninguém precisa ficar em casa só porque quer emagrecer! Falando em casa, ao explicar suas metas para seus familiares eles não irão te sabotar com guloseimas. Além disso, o suporte de entes queridos é fundamental para a parte emocional. Quem já passou por isso sabe que o processo de emagrecimento nem sempre é fácil.

#Dica 6: Não perca o foco de sua saúde

Uma atitude terrível para quem quer mudar para emagrecer é focar-se apenas na forma física, e se esquecer da saúde. Isso porque esse tipo de mentalidade leva as pessoas a aderirem aos regimes “malucos”, que prejudicam o organismo e na maioria das vezes nem emagrecem (ou levam ao efeito sanfona). O importante é você estar bem, com disposição e qualidade de vida. O emagrecimento imediato ou a longo prazo é apenas uma consequência disso. Foque sempre na sua saúde!


Sobre Galdino

Paixão por saúde e qualidade de vida. Desde 2013 buscando informações sobre a melhor maneira de se viver com mais saúde e melhor qualidade de vida. Mantenho alguns blogs com o objetivo principal de passar adiante as informações e o conhecimento que tenho adquirido ao longo desse tempo. Durante esses anos tenho "corrido" atrás de conteúdos relevantes que, de alguma forma possa me ajudar e ajudar outras pessoas a viver com mais qualidade de vida. Ps. Tenho 47 anos, sou goiano, evangélico, solteiro e tenho um filho de 13 anos, motivo do meu orgulho e alegria. Sou apaixonado séries e filmes de ação e adoraria aprender tudo sobre fotografia.


Um pensamento em “Veja 6 dicas que vão te ajudar a mudar para emagrecer.

Os comentários estão desativados.